Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

O apagão

João Gonçalves 6 Jun 15

 

O Coliseu, sempre o Coliseu, recebe por estes dias de canícula uma "convenção" do PS. O espectáculo começou com uma guest star - uma estrela cadente vinda do planeta PSD e que imagina que ainda brilha - chamada António Capucho. Parece que, sem se rir, o homem evocou Sá Carneiro e o seu acrisolado afecto à social-democracia que, pelos vistos, terá encarnado em António Costa. Costa está habituado a recolher despojos reutilizáveis a título de idiotas úteis: Sá Fernandes, Helena Roseta e, agora, esta pseudo sumidade. Junta-se-lhes, claro está, António Nóvoa, o emplastro mal amado internamente para as presidenciais que a velha assessoria do Sampaio genuíno (da qual brota o improvável candidato) impôs ao PS. Mas o mais interessante desta "convenção" é o "apagão" que ela representa. É como se o PS tivesse saltado, por artes holográficas, directamente do derradeiro congresso de Sócrates, salvo erro em Matosinhos, para o Coliseu em Lisboa. Com, porém, duas diferenças de peso: o dito Sócrates, ausente por motivos bastamente conspícuos, e António José Seguro que o actual secretário-geral removeu da história do partido na "linha", aliás, de outro secretário-geral de outro conhecido partido da extinta URSS. Fora isso, a "convenção" traduz-se numa apoteose patética do "socratismo" e na negação doentia do "segurismo". Abre-se um canal de televisão e lá está o friso encantador de 2005-2011, desde o organizador das festividades, Correia de Campos, até aos grupinhos "temáticos" onde pululam antigos ministos, secretários de Estado e "criações" deputacionais de Sócrates. As gentes de Seguro são olimpicamente ignoradas como se tal nome jamais tivesse liderado o partido ou, sequer, oferecido dois sucessos eleitorais nacionais sobre a "situação". Como é que Costa quer crescer para o país quando se diminui, e diminui os seus, em casa?

Inserir comentário

De
(moderado)
Este blog tem comentários moderados.
(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres
captcha

O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor