Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

O título é enganador. Não é Bruxelas. É um português que serve no trem de cozinha da Comissão Europeia a partir do edifício Jean Monet. «A análise assinada pelo representante da Comissão, o português Luiz Pessoa, defende que qualquer activismo político por parte do TC, com o chumbo de algumas medidas do OE para 2014, pode provocar um segundo pedido de resgate. No documento de quatro páginas, Luiz Pessoa explica que o executivo português está empenhado em cumprir as condições negociadas com a troika, mas vê o seu espaço de manobra cada vez mais reduzido com as decisões negativas dos juízes do Constitucional. Luiz Pessoa sublinha ainda que as alternativas às reformas estruturais chumbadas pelo TC mostraram-se sempre menos eficazes no âmbito do programa de ajustamento do que as medidas inicialmente apontadas pelo Governo, defendendo que ou os juízes do TC estão a fazer uma interpretação demasiado restritiva da Constituição, ou assumem-se como uma real força de bloqueio que condiciona a política orçamental do Governo.» E pronto. Palavras para quê? Um artista português é um artista português.

Tags

4 comentários

De João Vargas Moniz a 18.10.2013 às 20:36

O que se está a passar com o Tribunal Constitucional é inacreditável. Ninguém imaginaria que o Tribunal Constitucional alemão ou o Conselho de Estado francês ouvissem o que o nosso TC está a viver.
Com a liberdade e independência de quem categórica e publicamente não gosta do Tribunal Constitucional acho que estamos a assistir a um obsceno espectáculo levado à cena por artistas de segunda, com o patrocínio do governo português que, pela sua subserviência propicia, estimula e. quem sabe?, apoia esta indecorosa afronta a um país em regime de protectorado, no dizer do revogável vice.
Deve ser isto a que vozes várias chamam de crescente prestígio de Portugal no mundo.
Lamentável espectáculo em que o fugitivo Barroso se assume como estrela.
É pena - será mesmo? seria legítimo esperar outra coisa? - que o Presidente da República silencie um arrasador insulto ao país.
Mas, vendo bem, existe Presidente da República em Portugal?
Existem órgãos de soberania?
Ainda existe Portugal?

De Lionheart a 19.10.2013 às 11:33

Tenho pena que só agora haja assomos autonomistas depois de anos de cegueira ideológica em prol da "Europa", ao mesmo tempo que grandes potências europeias, como a Alemanha, sabiam muito bem o que estavam a fazer, moldando essa "Europa" aos seus interesses, para a partir daí aumentarem o seu poder.

Esta "novela" do TC é uma hipocrisia total. Em primeiro lugar porque a "nossa" constituição é disfuncional e uma ilusão. Esta constituição tem-se pago com o dinheiro da "Europa", mas com a mudança na natureza da "Europa", que não está mais disposta a subsidiar os (pequenos) estados sociais da periferia, Portugal só pode contar com os seus recursos. O TC pode deliberar o que quiser, mas os outros não nos vão financiar.

Em segundo lugar, porque o TC só está interessado em manter os direitos de quem trabalha para o Estado e os outros que se lixem. Por isso digo que é muito bem feito o enfrentamento que está a haver entre a "Europa" e o TC, que é para os portugueses perceberem o que é a III República. O desprezo a que a "Europa" vota a nossa "constitucionalidade" bacoca só demonstra o que os outros pensam de um país que acha que protege ALGUNS níveis de vida com normas constitucionais, quando ainda por cima paga os empréstimos com o dinheiro dos outros. Estão muito bem uns para os outros.

De Pedro a 18.10.2013 às 20:46

Não tarda, a dupla Paulo Coelho-Pedro Portas manda o TC para a Mobilidade Especiial.

De João Vargas Moniz a 19.10.2013 às 15:42

A democracia, na sua componente de liberdade de expressão tem custos. Por vezes, muito penosos.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor