Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

Política precisa-se

João Gonçalves 4 Jun 13

 

Sem colocar em causa a competência técnica de quem está a tratar disso, julgo que a questão "função pública" devia ser abordada num patamar politicamente mais elevado. Porque é disso que se trata, de política. E de consequências políticas.

3 comentários

De Vortex a 04.06.2013 às 21:40

Na escola Delfim Santos
Anda um prof a pressionar os prfs a fazer greve e adizer que só perdem a hora da greve.
Toma nota dos nomes

De isabel de deus a 05.06.2013 às 12:45

Pois, na minha escola também há pressões impensáveis, que incluem uma senhora de aspecto sovietóide. Contudo, abstenho-me de criticar quem se prepara para fazer greve às avaliações, embora eu, por puro respeito pelos alunos, não adira. É que, de facto, há muitos anos que a situação dos professores não pára de piorar (a dos alunos também) e continuo a não vislumbrar qualquer governação digna desse nome no que respeita à Educação. Detesto a esquerda conspirativa, mas esta direita...valha-nos Deus!

De isabel de deus a 05.06.2013 às 13:08

Temo que as consequências políticas venham a ser devastadoras. Esta foi uma oportunidade única de demonstrar, por contraste, o horror que tem sido uma governação quase ininterrupta das esquerdas em Portugal. Infelizmente para todos nós, o único contraste sentido regista-se nos bolsos vazios da classe média, para não falar dos, cada vez mais numerosos, miseráveis. Bem sei que a maior responsabilidade pelo estado comatoso das finanças do Estado é assacável à esquerda, o que não exclui o facto de o fenómeno "boys" e "girls" ser multicolorido. Desde o 25 de Abril que venho assistindo à voracidade dessas criaturas que destruiram, por exemplo, um Turismo de qualidade que era uma verdadeira galinha de ovos de ouro.Também na Educação parece não restar pedra sobre pedra: a língua abastardada, os conteúdos paupérrimos e tendenciosos, uma indisciplina incontrolável que só quem está nas escolas conhece, enfim...um tratado inominável de estupidez e preconceito contra tudo o que era "antigo".
Agora, os "boys" e "girls" atingiram o auge das suas "notáveis" carreiras. E, a partir do topo, afastam gente mais sábia, mais experiente, gente totalmente indefesa, totalmente revoltada na sua impotência e no cansaço de verificar que, neste mísero país, não vale a pena ser sábio, já que é bem "melhor" ser esperto.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor