Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

Separar águas

João Gonçalves 29 Jun 12

Um bando qualquer - do qual o "moralista social" Arménio Carlos não se demarcou - agrediu pelo menos verbalmente Álvaro Santos Pereira. Também perpetrou a ameaça física como as televisões amplamente registaram. Mas as televisões registaram do mesmo modo a coragem serena de Santos Pereira quando foi ao seu encontro e lhe responderam com insultos do mais diverso jaez. Com gente desta - e eventualmente alguma mais sofisticada que se "manifesta" de outras formas igualmente difamatórias e ameaçadoras -, num estado de direito democrático, trata-se nos tribunais. À política o que é da política, à previsão criminal o que é da previsão criminal.

7 comentários

De Piorquemao a 29.06.2012 às 22:49

Tudo isso que escreve não é só bonito como quase poético. Mas na realidade é por sermos um falho colectivo que esta espécie de elite canadense se dá largas aos disparates criminosos que tem vindo a "aplicar",...sempre sobre "os" do costume. Outros que menos "diplomatas", ou menos parvos, atiram pedras, caixotes do lixo, cocktails Molotov, barricam auto estradas com dezenas de pneus em labaredas,... etc.
Realmente é um caso de tribunais, mas acho que falhou nos réus,... E não, não sou de esquerda,...

De Carlos Vidal a 30.06.2012 às 01:40

Mais respeito, meu caro.
É gente desesperada, famílias demolidas. Portugueses desesperados e plenos de razão.
Merecem todo o respeito e admiração, estes populares que acho que ficaram aquém do que deveria ter sido feito.
Merecem um respeito que o medíocre do protegido carreirista que sempre viveu à sombra do Ângelo Correia não merece.
Mais respeito e menos lugares comuns.

De xico a 30.06.2012 às 19:19

"Mais respeito"?! Tiques totalitaristas???

De cda a 30.06.2012 às 15:02

O senhor deveria estar calado, como lacaio do governo que é. Como já sei que não vai autorizar este comentário, só resta acrescentar: "Vá-se foder mais a sua acintosa parcialidade que o transforma num ser abjecto"

De xico a 30.06.2012 às 19:22

A censura no seu melhor (ou pior)! Quem não pensa como você, tem de ficar calado, não é? Salazar e Hitler ao pé de si eram meninos de coro.

De Isabel de Deus a 30.06.2012 às 17:39

Ao longo da História, a turba ululante sempre me causou arrepios. Também eu perdi cerca de 40% dos meus proventos e nem por isso ando nas ruas a agredir ou insultar quem, democraticamente eleito, tenta fazer o "menos mau" no país falido que sustenta férias(eternas?) em Paris a um figurão que todos conhecemos. Há quase quarenta anos que a esquerda se considera, descaradamente, dona de Portugal com as consequências que só não vê quem não quer. Que bonzinhos que eles são sempre com o dinheiro dos outros... O ar compungido do Seguro, a cassette cunhalista que dura e dura e dura, as alucinações do "parte a Louça toda". Deus nos dê paciência para estes beneméritos! Já agora, quem terá emprestado os megafones aos manifestantes. Quem os terá orquestrado naquela toada por demais conhecida?

De Nuno Castelo-Branco a 01.07.2012 às 09:40

Gostava de ver essa malta sob "regime socialista". Três famílias em apartamento de três assoalhadas com retrete comum. Vistorias da polícia às quatro da manhã e sem aviso, porrada no lombo à menor denúncia por "inimizade" ao povo, periódicas estadias na pocilga prisional. Bicha para o pão. Bicha para o leite (?). Bicha para a carne (?). Bicha para as batatas, bicha para os nabos, bicha para o óleo ersatz do azeite. Bicha para a margarina (manteiga, coisa do imperialismo, não existiria) , bicha para as carcaças de três em três dias, bicha para a latinha do pó de lavar dentes, dois, três quatro dias sem electricidade, alternando o corte com a água e o gás. Nada de greves, manifs ou jornais onde pudessem expelir a bílis.
Fazia-lhes bem, curavam-se logo.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor