Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

"A VELOCIDADE DE IGNIÇÃO"

João Gonçalves 5 Ago 05

António Costa acordou finalmente da letargia estival que o vinha a atingir. Falou em "mobilização" das populações- coitadas -, já que os famosos "meios" clamorosamente não chegam para combater a desgraça. Depois mandou-nos "vigiar as Ignições" (sic) e "apoiar o combate". Concluiu com a habitual "teoria da comparação" a qual, como é notório, é de grande ajuda e conforto para os autócnes: "Mesmo em condições objectivamente negativas, neste ano, com muito mais ignições do que no ano passado, há felizmente muito menos área ardida do que em igual período de 2004. Tem havido melhor vigilância e capacidade de resposta, por isso tem ardido menos". Resumindo a coisa às "condições anómalas de velocidade de ignição", um novo jargão para tapar o buraco negro em que anualmente se atola a prevenção de fogos, António Costa, à semelhança dos seus imediatos antecessores, não consegue passar do trivial. Ora o trivial, mesmo com uns termos "técnicos" à mistura apenas para impressionar os imberbes, não resolve um problema ao ministro. E, não resolve, o que é pior,ao país.

3 comentários

De Clara a 05.08.2005 às 11:48

E o que é que você queria que ele fizesse, num país que não tem regionalização? Sim, porque se estivessemos regionalizados, como quer a esquerda há muitos anos, isto não acontecia ou pelo menos era muito mais atenuado.

De Rui a 05.08.2005 às 15:35

Claro que há menos área ardida este ano, o que me espanta é que ainda haja área para arder.

De raquel a 06.08.2005 às 19:24

o presidente da autoridade nacional para os incêndios florestais está à espera que a velocidade de ignição resolva o problema de uma vez por todas: com o fim das árvores, chegará o fim dos incêncios

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor