Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

PATÉTICA

João Gonçalves 4 Dez 08

Lurdes Rodrigues quer manter o "seu" glorioso modelo de avaliação dos professores este ano mas "admite" alterá-lo ou, mesmo, substitui-lo no ano que vem. Isto significa que, afinal, anda a brincar aos "modelos". Além de teimosa, é patética.

Adenda: O ajudante Pedreira devia estar calado. Ficou, por duas vezes, em último lugar nos concursos em que participou na sua universidade de origem, a Nova. Julgam que ele se conformou com esta "avaliação"? Nada disso. Impugnou os concursos em tribunal. O que é que ele é mais ou menos do que os outros? Que lindo exemplo.

7 comentários

De Semedo a 04.12.2008 às 20:23

Ora ai está a palavra certa: PATÉTICA

De Daniela Major a 04.12.2008 às 20:45

Não é assim tão patética. Aliás, parece-me apenas uma medida já muito desesperada. Ela já percebeu que não vai conseguir lidar com isto e por isso ao dizer " para o próximo ano lectivo", despachou o assunto para o próximo ministro da educação, pois mesmo que o PS ganhe as eleições dúvido que Sócrates a mantenha no cargo.

De Anónimo a 04.12.2008 às 21:05

O IC e o acento no E não estarão a mais?

De Anónimo a 04.12.2008 às 21:09

Mas a pateta ainda não se apercebeu que a experiência já está a correr mal? Que foi pela implementação no campo que os professores se revoltaram, pois sentiram que a coisa iria correr muito mal?
Pior ainda, não há comentadores pseudo-letrados que percebam que este tem sido um problema técnico e não politico? Que a asneira é do método e não do princípio?
Já começo a pensar que vivo numa Matrix Rosa. Que venha então o comprimido azul...

De Anónimo a 05.12.2008 às 05:32

A ministra não disse nada disso, eu vi o debate e ouvi todo o discurso dela. O que a minstra disse foi que este modelo é para aplicar e, no final do ano lectivo, tal como tinha sido acordado com os sindicatos no memorando de entendimento de Março,seria revisto, com os necessários ajustes ou até mesmo substituído, caso aprecesse outro modelo que SE REVELASSE MAIS EFICAZ! Porque deturpam tudo?

De gi a 05.12.2008 às 12:41

Neste momento a Srª Ministra tem de salvar, custe o que custar, o pouco que resta da sua «face» política. Ontem tive pena dela, sente-se-lhe a impotência do desespero a agravar a anterior arrogância fruto de um «complexo de classe» mal curado. Bem, pode ser que mudar de casa a faça sentir-se menos «primária», enfim professora.

De Carlos Medina Ribeiro a 06.12.2008 às 16:29

Nos anos mais recentes da minha acividade profissional, tive de trabalhar com alguns técnicos chineses e com muitos engenheiros japoneses.

Uma das coisas curiosas na cultura deles é a preocupação de «salvar a face» (a própria e a do adversário) quando um conflito termina - ou, mesmo, no decorrer dele.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor