Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

UMA NOVA REPÚBLICA CONTRA CEM ANOS DESTA

João Gonçalves 17 Set 09


No Liceu Camões - uma casa respeitável onde, por exemplo, ensinaram Mário Dionísio e Vergílio Ferreira - o regime decidiu prodigalizar uma "sessão de apresentação" das nefandas comemorações dos 100 anos da República. É preciso fazer um distinguo. Não vá dar-se o caso de os meninos e de as meninas pensarem que há algo a comemorar. A 5 de Outubro de 1910 foi implantada uma ditadura de um partido, o PRP, depois Partido Democrático, que acabou dirigido por alguém - Afonso Costa - de quem Salazar viria mais tarde a dizer "fosse o dr. Afonso Costa um vulto nacional ...". Não era, de facto. Por isso essa "república" acabou como acabou. Com outra ditadura. Ser republicano - e eu sou visceralmente republicano - é outra coisa que ultrapassa a trivialidade de não ser monárquico. É, por exemplo, eleger o Chefe de Estado e conceder-lhe poderes de liderança institucional do regime. Qualquer coisa como uma Nova República.

10 comentários

De Anónimo a 17.09.2009 às 22:56

Você não é republicano porque você não é coisa nenhuma. Você não existe.

De Anónimo a 17.09.2009 às 23:10

Há muito que não lia algo tão verdadeiro.

De OCTÁVIO DOS SANTOS a 18.09.2009 às 10:08

Caro João Gonçalves: em 1926 iniciou-se uma «nova república»... e veja no que deu; em 1974 iniciou-se outra «nova república»... e veja no que está a dar. Pense bem, seja honesto consigo próprio... e chegará à conclusão inevitável de que só com a Monarquia é que se poderá aproveitar o (muito pouco) de bom que a Res Publica tem.

De Francisco a 18.09.2009 às 14:40

pode dizer de onde é que é a foto? obrigado!

De Nuno Castelo-Branco a 18.09.2009 às 15:45

Nova República? Já tivemos a República em 1910, a república Nova de Sidónio, a República velha em 1919, a República do Estado Novo e esta... Agora, João, dizes querer a Nova República exactamente com a gente que ajudou a presente a descambar "nisto"? Realmente é desesperante, com ou sem escutas... ;)

De Maria Menezes a 18.09.2009 às 19:51

Será que os republicanos nã lhes entra na cabeça que com esta república ou outra que venha, não vamos a lado nenhum?
Cabeças duras realmente! Nem a comparação com as Monarquias europeias lhes serve de exemplo? Bolas, que é demais!
O governo português transfere para a presidência da república 16 milhoões de euros enquanto o governo espanhol transfere para a Casa Real de Espanha 9 milhões de euros. O que a república portuguesa gasta, dá para sustentar quase 2 Casas Reais Espanholas.

Pois é, são uns coitados porque durante 100 anos houve uma campanha anti-monárquica e foram na onda dos republicanos!!!

Chega de presidentes a prazo! EU QUERO UM REI!

De Johnny Fogaça a 18.09.2009 às 20:09

"Ser republicano - e eu sou visceralmente republicano - é outra coisa que ultrapassa a trivialidade de não ser monárquico. É, por exemplo, eleger o Chefe de Estado..."

Não querendo abusar do frágil estado da sua saúde gastrica, pedia-lhe, se fizesse o favor, de nos dar mais um exemplo para além da eleição do Chefe de Estado (que não é necessáriamente uma vantagem). Basta um. Não peço mais. Não quero abusar.

De Daniel Nunes Mateus a 18.09.2009 às 22:15

O senhor só pode ser doido! Mais uma? Mas como podemos ter algo que não existiu?

De João Gonçalves a 18.09.2009 às 22:26

Francisco: a foto é do dia em que François Mitterrand tomou posse como PR francês, em 1981, na entrada do Panteão.

De Anónimo a 19.09.2009 às 00:42

Na Europa actual, as monarquias têm apenas um poder simbólico de representação do Estado.O Rei não tem qualquer poder de intervenção na coisa pública tal como em alguns países republicanos onde o poder assenta no governo saído de eleições parlamentares.
Uma República presidencialista para Portugal, tal como acontece em França? Talvez fosse uma das soluções para a resolução de alguns problemas da governação do País.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor