Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

RACIONALIDADES

João Gonçalves 11 Out 06

Com aquele estilo nonchalant que o caracteriza, o senhor ministro da Saúde veio anunciar os 5 euritos/dia a pagar pelos internados em hospitais públicos. Tudo, disse ele, em nome da "racionalidade" que é preciso introduzir na gestão do serviço nacional de saúde. Concordo plenamente. Todavia, gostava que o dr. Correia de Campos acompanhasse o movimento com a introdução de idêntica racionalidade na sua cabeça.

6 comentários

De Anónimo a 12.10.2006 às 08:46

O direito à saúde na nossa Constituição, é um direito fundamental, correcto? O que ultimamente se está a passar na Saúde, viola directamente o artigo 64 da Constituição da Republica Portuguesa e a força jurídica desta está contida no artigo 18 da mesma CRP. Senhoras e Senhores Juristas vamos unir-nos e fazer circular uma petição para exercer o nossso direito de acção popular. Ou então primeiro mudem a CRP e mudamos de regime e depois veremos..... Assim é que não pode ser. É o que dá governos de engenheiros. Isto está a ficar clamoroso. Senhores Conselheiros do Tribunal Constitucional, NÃO DEIXEM QUE MATEM A COTOVIA. Senhor Presidente da Republica, use o seu direito de veto num assunto como este, por favor. Com a saúde NÃO. Perguntem ao Alberto João Jardim, como é. Tenho de lhe tirar o chapéu. Olhem par o serviço regional de saúde na Madeira. Por favor. Está tudo doido? Cinco euros por dia, mais taxas moderadoras, mais remédios sem comparticipação. Porra alguém quer estar doente? Alguém? É assim que corrigem a "doença da despesa pública"? E dizem que nos querem tirar da depressão económica? Como? A economia é acima de tudo a harmonia das humanidades de um país, porra! Acham que aqueles que por acaso não são MIT, mas têm cabeça para pensar, não estão a ver isto. Porra, somo apenas 5%, representamos poucos, mas não nos tomem por parvos. Isto é INCONSTITUCIONAL OUVIRAM, INCONSTITUCIONAL. Não mexam nos custos da saúde, POR FAVOR. Melhorem-na, é esse o vosso dever. Ponham a trabalhar os seus funcionários e arrangem formas de controlo das regras patrimoniais e financeiras dos hospitais. Premeiem os gestores que numa ratio de doente/qualidade de serviços prestados/instalações condignas, apresentem melhores resultados, mas não mexam nos custos da doença, por favor PS, por favor Engenheiro Sócrates. E não tenham medo que pague o mesmo o rico e o pobre. Na doença somos todos igualmente pobres, paupérrimos, escreve quem sabe o que está a dizer. Não mexam no ainda "alivio" do custo da doença, em Portugal. Quem tem dinheiro vai até à Clinica Mayo, sejamos realistas. É a classe média que vai para os hospitais. Não batam mais nela, Sócrates, ouve o que te digo, trava o Correia de Campos. Ele é riquinho. Isto é demais.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor