Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

O PSD E A QUADRATURA

João Gonçalves 4 Dez 08

Rui Rio vai estar em directo com os "Quadraturas" na Figueira da Foz. Rio é de poucas falas e talvez por isso a "Quadratura" consiga escapar ao seu sensaborão "círculo". Seria interessante saber se Rio, por exemplo, ainda é o "número dois" de Ferreira Leite. E se Ferreira Leite ainda é o "número um" do PSD.

FALAR DIRECTAMENTE COM OS PORTUGUESES

João Gonçalves 4 Dez 08


«O prof. Cavaco Silva não terá qualquer dificuldade em ultrapassar pela esquerda um governo que está disposto a sobrecarregar os contribuintes com o financiamento encapotado de um banco de investimento que tem a seu cargo a gestão das maiores fortunas do país. Basta-lhe dizer que não são os contribuintes que devem pagar a crise.»

Constança Cunha e Sá, Público

PATÉTICA

João Gonçalves 4 Dez 08

Lurdes Rodrigues quer manter o "seu" glorioso modelo de avaliação dos professores este ano mas "admite" alterá-lo ou, mesmo, substitui-lo no ano que vem. Isto significa que, afinal, anda a brincar aos "modelos". Além de teimosa, é patética.

Adenda: O ajudante Pedreira devia estar calado. Ficou, por duas vezes, em último lugar nos concursos em que participou na sua universidade de origem, a Nova. Julgam que ele se conformou com esta "avaliação"? Nada disso. Impugnou os concursos em tribunal. O que é que ele é mais ou menos do que os outros? Que lindo exemplo.

UM ARREPIO NA ESPINHA

João Gonçalves 4 Dez 08

Esta semana, numa sessão "nobre" de propaganda das "novas oportunidades", o coordenador nacional da coisa "incentivou" os presentes a arranjar cerca de mais quinhentos mil candidatos para 2009 porque há eleições. Pediu, sem pudor, um "esforçozinho" (sic). A criatura - passou, sem um murmúrio ou comentário, nas televisões - foi bem explícita no propósito quando o "ligou" ao ano eleitoral. Assistiram à sessão o 1º ministro e dois ministros, a seráfica da Educação e o do Trabalho. Socrátes até perguntou à assistência se não sentia "um arrepio na espinha" (sic) com o milhão de "novas oportunidades" alcançado até agora. A complacência - ia a escrever impunidade - com que já se assume tudo, incluindo estes disparates, "às claras" é notável. Tal como é notável que os jornalistas, na sua esmagadora maioria, participem nestas farsas sem as denunciar ou apreciar com um módico de sentido crítico e de honestidade intelectual. O que as "novas oportunidades" não explicam (e Sócrates também não) é que, apesar delas, o "mundo do trabalho" não tem saída, nem sequer para os que já estão "qualificados", quanto mais para um milhão de supostamente "qualificados" à pressa e dos que resultarem do tal "esforçozinho" solicitado pelo diligente serventuário. Isto, de facto, arrepia a espinha de qualquer um.

AQUI NÃO

João Gonçalves 4 Dez 08



Com aquela ligeireza que se adquire nas secções partidárias, e já com os olhinhos postos no óbvio, Sócrates veio garantir mais "rendimento disponível" (por causa da descida das taxas de juro sem explicar que essa descida tem precisamente a ver com a recessão económica), menos inflação e gasolina mais barata, tudo em 2009. Prudente, e falando noutro lado, Teixeira dos Santos mencionou um ano com muitas dificuldades. Este "momento Dulcamara" do 1º ministro revela, uma vez mais, a fantasia* em que ele vive e em que teima querer ver-nos a viver. É evidente que os portugueses não servem à mesa, em casa, optimismo ou pessimismo. Não é isso que eles comem nem é isso que lhes paga as contas e a querida gasolina. Só que Sócrates persiste - não faz outra coisa, aliás, há quase quatro anos - naquilo a que Sloterdijk apelida de processo de "idiotização do eu". Que a maioria dos meus compatriotas e os seus diversos manipuladores alinhem na idiotice, isso é lá com eles. Aqui não.

*A propósito de fantasia, June Anderson canta a ária Bel raggio Lusinghier, de Semiramide, Rossini)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor