Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

GÖTTERDÄMMERUNG

João Gonçalves 9 Nov 08

«Depois de terem mostrado a sua incapacidade, até para gerir um carro eléctrico, [os socialistas] começaram a ser ou a aspirar a ser bons gestores. E a retirar, do capitalismo, o melhor possível. O Estado nacional, um pouco, e o Estado europeu em construção, muito, continuam a ser credo e crença, mas domesticados agora pela boa gestão dos negócios e pela competitividade. A crise económica e financeira deste ano trouxe nova alegria aos socialistas. Era a derrota do capitalismo, gemeram. Depois da do comunismo, a vitória parecia total. Ouvem-se pessoas, lêem-se textos que não escondem a jovialidade com que olham para "a crise", ainda por cima americana. "Estava-se a ver", "era inevitável", "tiveram o que mereciam": eis tons das suas recentes cantilenas. Os mais brutos chegam a pensar que talvez seja esta a maneira de construir o socialismo. Mas a maioria já só pensa em salvar o capitalismo. Na sua megalomania, querem mesmo "refundar o capitalismo". Com o Estado e os socialistas, pois claro. Liberais, conservadores, populares, sociais-democratas, socialistas e trabalhistas estão unidos num propósito: salvar o capitalismo! Na sua quase totalidade, é isso mesmo que querem fazer. Sem cinismo. Do lado das esquerdas, é possível que haja algum sentido da oportunidade: sob a capa do salvamento do capitalismo, entra o Estado. Entra e fica! Mesmo para esses, a ideia de construir o socialismo é absolutamente utópica e risível. Também querem salvar o antigo inimigo. Só que, se puderem ficar no cockpit ou pelo menos partilhar a torre de controlo, ficam felizes. Com o Estado e o capitalismo, pois claro! Os socialistas louvam o Estado, murmuram de contentamento com as nacionalizações americanas, as de Gordon Brown, as portuguesas que vêm a caminho e as espanholas prometidas. Os socialistas já não estão convencidos de que esta crise é a do fim do capitalismo e a da vitória do socialismo. É a vitória do Estado, em qualquer caso. Não perceberam é que se trata da derrota final do socialismo. Já não é alternativo. Já não tem modelos a defender. Os socialistas interessam-se agora pela vida privada dos cidadãos, por causas culturais e pelos costumes. Casamento e divórcio, aborto e adopção, eutanásia e suicídio, homossexualidade e droga são as causas dos socialistas e de muitas esquerdas. A derrota dos socialistas é a que os transforma, não em coveiros, mas em curandeiros do capitalismo, em ajudantes dos que querem refundar o capitalismo, em decoradores que lhe querem dar um rosto humano. Uma espécie de serviço de assistência, de garagem ou de cuidados intensivos do capitalismo. Se existe uma derrota final, é bem esta.»

António Barreto, Jacarandá

UMA GULBENKIAN "CORRECTA"? - 2

João Gonçalves 9 Nov 08

Marçal Grilo, administrador da Gulbenkian, disse ao Público que enquanto durar o processo disciplinar contra Joana Morais Varela "haverá um director interino da revista [Colóquio-Letras], mas que neste momento ainda não existe um nome para esse cargo." Talvez não haja um "interino". Porém, na cabeça destes "pilares" do regime, já deve pairar o "definitivo". Pelo menos, fãs não lhe faltam.

GRANDEZA

João Gonçalves 9 Nov 08



A imagem é má mas não o som. Haver Deus também é isto.

(Clip: Jessye Norman,
Samson et Dalila, Camille Saint-Saëns)

DA PASSAGEM DO TEMPO

João Gonçalves 9 Nov 08




«Eis um assunto interessante: em que me tornei?»

Truman Capote, Other Voices, Other Rooms.

(Clip: La Traviata, Verdi, Festival de Salzburgo, 2005)

O QUE NEM MAOMÉ DISSE DO TOUCINHO

João Gonçalves 9 Nov 08

Alfredo Barroso "opina" sobre a ministra "independente" do governo do camarada Sócrates. Nem os remoques finais a Ferreira Leite o "salvam" de ser uma voz socialista independente a seguir no ano eleitoral que aí vem. Estará encontrado, mesmo com um décimo do talento, o M. M. Carrilho do PS de 2009? E o tio? O que é que o grande tio - tão cúmplice do "socratismo" como silencioso sobre a educação quando tem "opinião" sobre tudo - pensará disto?

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor