Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

FNAC DOS PEQUENINOS

João Gonçalves 1 Out 08

A firma da foto decidiu acabar com os dez por cento a menos no preço de capa dos livros, aquilo que, afinal, a tornou interessante, grande e concorrencial. A desculpa é que os outros efectuam "promoções" temporárias idênticas que retiram utilidade comercial a esta pequena "liberalidade". O motivo, evidentemente, deve ser outro e, como diz a outra, não interessa nada. Só os "sócios", como num clube de futebol, é que ficam com o direito àquele desconto. Bom proveito.

O "CAMARADA" COSTA

João Gonçalves 1 Out 08

João Soares veio a terreiro "lamentar" que o seu "camarada" António Costa não o tivesse defendido no "caso das casas" em Lisboa. Segundo Soares, Costa, ao alijar a água do seu capote, não foi solidário com a "camaradagem" que o antecedeu, sobretudo com ele , João Soares. Sucede que Costa tem, em princípio, umas eleições municipais a disputar e não lhe convém chegar a votos com este sarilho. Para os devidos efeitos, aliás, já lá tem a Sra. D. Sara Brito, a crónica falta de dinheiro e outras mazelas que, até ao momento, não o permitem recordar sequer como um mediano edil. Não por acaso, Costa começou a "arrebanhar" a esquerda - com a honrosa excepção do PC - para uma recandidatura que, a acontecer, será um mero acto político sem nenhuma substância. Soares, neste sentido, fez bem em aparecer. Recorda aos lisboetas que Costa, como presidente da CML, não existe.

APARIÇÕES

João Gonçalves 1 Out 08


A dra. Ferreira Leite apareceu. E apareceu para dizer que Sócrates apareceu tarde para "sossegar" os portugueses e as suas miseráveis poupanças. Também disse que o sistema financeiro é essencial. Finalmente acabou por esclarecer que, malgré lui, foi bom Sócrates ter aparecido. Nem que fosse porque a levou a aparecer. Pelo meio, no entanto, a líder do PSD, para criticar Pinho que tinha aparecido a afirmar que o mundo tal como o conhecíamos, acabou - uma frase feita que até a minha padeira repete todos os dias - deixou cair que “há certos aspectos que não podem nunca ser ditos”. Nesta aparição, contudo, a dra. Manuela não nos elucidou sobre quais os aspectos que "não podem nunca ser ditos" nem se os "aspectos" não podem ser ditos porque são fundamentalmente "maus aspectos". Mesmo que sejam verdadeiros. Quanto mais vejo "aparições" destas, mais gosto da verdadeira. A de Vergílio Ferreira.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor