Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

MORTE E TRANSFIGURAÇÃO

João Gonçalves 6 Ago 08


"Levantai-vos e não temais", disse Jesus aos discípulos antes de descer para Jerusalém. Haviam assistido à Sua transfiguração, momento em que «o Seu rosto resplandeceu como o sol e as Suas vestes tornaram-se brancas como a luz.» Guardar a fé, como Paulo de Tarso, é viver de acordo com Jesus transfigurado, o Único que, apesar de apontado aos discípulos como «o Amado» pelo Pai, entregou a Sua "condição humana" nas mãos dos homens para os "salvar". O resultado é conhecido.

Tags

SOARES E A "SAISON" IDIOTA

João Gonçalves 6 Ago 08

Afinal, o dr. Soares foi acometido de uma indignação pantomineira quando achou "inoportuna" a intervenção de Cavaco Silva, a semana passada. De acordo com o Público - e a memória da época que, pelos vistos, não funciona para todos - «o Estatuto Político-Administrativo dos Açores parece ter "uma certa propensão para ser vetado". Quem o diz é Mota Amaral, ex-presidente do governo regional açoriano, lembrando o veto que Mário Soares usou, em 1986, para chumbar a revisão do Estatuto, que também tinha sido aprovada por unanimidade. Para o então Presidente da República, ainda no seu primeiro mandato, a questão prendia-se com uma norma da qual derivava um tratamento equivalente entre a bandeira dos Açores e a bandeira nacional. "Foi um veto político, que resultou de uma diligência feita pelos altos comandos militares que foram recebidos em Belém", lembra Mota Amaral, evocando ainda que Soares fez uma comunicação ao país. O hino nacional marcou o início e o fecho da intervenção presidencial. Corria o mês de Setembro.» Eu estava na tropa, em Tavira, e recordo-me que, poucos dias depois disto, Soares foi aos Açores. E tudo correu bem. Soares devia estar acima da "saison idiota".

AS MARINES

João Gonçalves 6 Ago 08


O estafado princípio da igualdade quer dizer uma coisa muito simples: deve tratar-se o igual de forma igual e o diferente de forma diferente. A "igualdade constitucional" e o "progresso" obrigaram as forças armadas a admitir mulheres para as suas fileiras. Se ainda houvesse "comandos" ou as "forças especiais de Lamego" - no tempo em que esses "comandos" e essas "forças especiais" eram gloriosos - destinados a "teatros de guerra" e guerrilha, e não a passear a "declaração universal dos direitos do homem" pelos desertos, dificilmente uma mulher (como muitos homens, aliás, não aguentaram) aguentaria o esforço físico e psicológico exigido. Para não ferir a correcção constitucional, a Marinha vai abrir as suas portas a mulheres-fuzileiras. Nos últimos filmes do Alien já apareciam umas quantas "marines" que pareciam acabadas de sair do "Memorial Bar". O Alfeite aguarda pelas suas fuzileiras. Já não se "fazem" homens nem mulheres como antigamente. São todos iguais.

EM VIAS DE EXTINÇÃO ?

João Gonçalves 6 Ago 08


Alguns "primatas" dão-se ao trabalho de vir aqui deixar os tradicionais insultos. Anónimos, naturalmente, porque, apesar de primatas, não estão à altura dos originais. Falta-lhes os tomates. Pena que não estejam em vias de extinção. Pelo contrário, reproduzem-se como autênticas ratazanas de esgoto que são. É gente que, como diria Sloterdijk, falhou duplamente porque «fracassou no seu ser-animal e no seu manter-se animal.»

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor