Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

A ESQUERDA ADITIVA

João Gonçalves 19 Mai 08


O sítio do Instituto da Droga e da Toxicodependência parece que tem um subsítio que ensina a consumir drogas, a fazer "charros" e porventura outras actividades edificantes. O subsítio tem um dicionário onde o "malta" pode aprender o que ainda não sabe bem como as tradicionais "faq". Nada disto seria importante se o Instituto não fosse pago com o dinheiro dos contribuintes. Antes do coro, aviso já que possuo uma posição altamente reaccionária acerca da droga e dos drogados, desde os do vulgar "charro" até aos chiques da coca. Aliás, incomoda-me que a nossa jurisprudência obrigue a tratar a toxicodependência como uma doença crónica e os toxicodependentes como uns coitadinhos que precisam de amparo. Um Estado que é desleixado no essencial, rápido em multar por tudo e por nada, perseguidor de hábitos alimentares que não fazem mal a ninguém, etc., etc., devia ter vergonha em privilegiar inutilidades voluntárias. É isto que é ser de "esquerda" e da "moderna"?

UNS POBRES DIABOS

João Gonçalves 19 Mai 08

Esta história é velhíssima. Imagino que o mesmo se passa nos outros partidos. No PS da Amadora, onde manda o sr. Raposo, ocorreram recentemente filiações deste "género", isto é, na mesma morada. Normalmente já ninguém se indigna porque o acto de militar num partido releva mais de fazer contas do que de convicções. É o novo invólucro da antiga "chapelada". Quantas vezes dei por mim com as quotas pagas sem ter pago nada. Mesmo depois de ter devolvido o cartão, em 2004, ainda havia um benemérito que as pagava. As "directas" têm destas "contrariedades", manipuladas metodicamente por quem sabe e por quem precisa. Muitas vezes nem sequer chegam ao conhecimento dos "beneficiados". Vive-se dentro dos partidos políticos - à excepção do PC que, em caso de complicação, expulsa - um clima parecido com as "lojas dos trezentos". Coexiste de tudo e, na hora de votar, vale mesmo tudo. Dá-me ideia que o conselho de jurisdição nacional do PSD do dr. Menezes e do sr. Ribau é um produto elaborado à imagem e semelhança destas duas figuras. Não deve adiantar muito "reclamar", protestar ou denunciar a evidência. Até porque muita desta gente aprecia ser tratada como gado. Imaginam que "contam" e que são "importantes" quando, afinal, não passam de pobres diabos.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor