Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

UM PAÍS INVEROSÍMIL

João Gonçalves 20 Jan 08

O senhor general Carvalho que, aparentemente, vela pela nossa segurança, não acha "verosémel" (sic) um atentado entre nós. Parece que andam atrás de uns paquistaneses quaisquer com receio de um atentado. Se houvesse um atentado terrorista em Portugal, isso seria o sinal que já não havia mais mundo à volta para destruir. Por isso entendo o "verosémel" do senhor general. Ninguém - nem mesmo terroristas - perde tempo com países inverosímeis.

O PRINCÍPIO DE PETER MENEZES

João Gonçalves 20 Jan 08

«Em Setembro, Luís Filipe Menezes ganhou a presidência do PSD. Já é hoje mais do que evidente que subiu muito acima do seu lugar na vida e que o PSD, se ainda lhe resta algum vestígio de realismo e sensatez, precisa urgentemente de o devolver a Gaia. O tubarão, a Quadratura do Círculo e o jogging nacionalista em Lisboa e no Porto não são lapsos sem consequência. São o produto espontâneo de um cérebro desorganizado e pueril: amanhã Menezes dirá pior e fará pior. Exactamente, como a política errática do partido (da reviravolta da Ota e do referendo à proposta de partilha da banca e obras públicas com o PS) não é um acidente. É um sintoma de vacuidade, desorientação e oportunismo - que não abrandam, nem se curam. Parece que Menezes controla o aparelho. Controle ou não, com ele o PSD não pode pedir ao país que vote nele. Qualquer militante, que pense um minuto seriamente, percebe que sim.»

Vasco Pulido Valente, in Público

GÖTTERDAMERUNG?

João Gonçalves 20 Jan 08


A "General Motors" vai despedir 46 mil trabalhadores. Outras grandes empresas multinacionais, produtoras das mais diversas coisas (estou a lembra-me da EMI), fazem o mesmo ou farão durante o corrente ano. A Alemanha tem uma taxa de desemprego superior à que tinha quando emergiu o III Reich. Os EUA e a sua crise no mercado imobiliário não ajudaram a economia mundial a "progredir". Pelo contrário, ferraram-lhe uma valente galheta. O petróleo, é o que se sabe. Algo anda podre no reino das nossas ocidentais democracias. Ainda ninguém se lembrou de começar a pedir um "erwache Deutschland" ou um "acorda" noutro país qualquer. Todavia, quando as coisas descerem da pele ao osso - e já faltou mais - quem é que se vai levantar para defender a decadência, o outro nome desta "democracia"?

AMORES DE ESTIMAÇÃO

João Gonçalves 20 Jan 08

Juro que não estou a "meter-me" consigo, Eduardo. Mas ao vê-lo colocar no seu "livro do domingo" uma revista dedicada ao bardo Manuel Gusmão, por um lado, e citar o Rui Bebiano, por outro, não posso deixar de recomendar-lhe, deste último, este post sobre o primeiro. Que raio, Eduardo, depois de Sócrates e da ASAE, não arranja melhores "amores de estimação"?

A PEQUENA MARILUZ

João Gonçalves 20 Jan 08

Depois da "pequena Maddie", cuja telenovela não cessa, há agora uma "Mariluz", espanhola de etnia cigana. Quero ver o que é que os mesmos e indignados meios caucasianos postos ao dispor do improvável casal MacCann vão fazer com o desaparecimento desta menina, tão "pequena Maddie" com a própria.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor