Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

DA ÉTICA E DO SEU DESCALABRO

João Gonçalves 9 Jan 08


Sócrates invocou uma "ética da responsabilidade" para se baldar ao referendo. Contudo, esta nova "ética" tem rostos e nomes, os colegas dele que mandam efectivamente na Europa. Até um esloveno recém-nascido lhe recordou que é dispensável ouvir os "povos" europeus, insensíveis à subtileza tratadística dos líderes. Quer dizer: não é bem ética. É mais o descalabro dela.

EUGENISMO NA PORCALHOTA

João Gonçalves 9 Jan 08


Esta exigência do sr. DGS feita ao sr. ASAE parece um concurso para ver qual deles fica no quadro de honra do higiénico "socratismo" das corridinhas. Se isto não é uma "limpeza eugénica", anda lá perto. Terão lido Gobineau?

QUESTÕES DURAS E MOLEZA CONSENSUAL

João Gonçalves 9 Jan 08


Não fosse o debate parlamentar, mesmo quinzenal, com o 1º ministro o one man show que o regulamento favorece, e a "oposição" tinha hoje muito com que se entreter. A não realização do referendo, o tema escolhido por Sócrates, é mais um prolongamento da insuportável lengalenga da "extraordinária" defunta presidência portuguesa e um pretexto para "estabilizar" uma mentira institucional: "eu prometi outra coisa". O país "real" devia querer saber por que é que não cresce, por que é que em vez dos 150 mil postos de trabalho anunciados há menos 20 mil desde que entrou em vigor o regime "socrático", por que é se pagam retroactivos de pensões miseráveis (€ 12) em 14 prestações suaves, por que é que se consente a escandalosa transumância no sistema bancário entre público e privado, por que é que se continua a expulsar pessoas da sua vida, por que é que certas aberrações ainda continuam ministros, etc., etc. Qualquer "consenso" mole, mesmo inspirado a partir de Belém por causa do "tratado de Lisboa", é uma traição à verdadeira essência do debate parlamentar. Sei que a nossa democracia representativa não se recomenda e, em absolutismo democrático, é uma farsa. Todavia, era bom que não houvesse mais colaboracionistas para além dos que já existem. Muito menos vindos de uma coisa chamada oposição. Depois não se queixem.

EU NÃO GOSTO DO PRESIDENTE DA JUNTA

João Gonçalves 9 Jan 08

Para poder escrever a frase seguinte, estou quase como aquela senhora que, em 1986, andava a tomar "sais de frutos" para votar no Soares, na 2ª volta. O Paulo Portas é, desde o dia 1 do corrente mês e ano, o único dirigente da oposição vivo.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor