Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

LENDO OUTROS

João Gonçalves 21 Set 06

Este, de facto, é o Cavaco Silva que eu gosto. O dr. Costa acompanha, não é verdade? E aquele senhor obscuro que tutela o Ambiente, terá direito a acompanhar o dr. Costa? É que o dr. Costa é muito cioso das suas ignições.

UMA RESPOSTA E ALGUMAS PERGUNTAS

João Gonçalves 21 Set 06

A resposta à pergunta do post anterior veio de um leitor que deixou quase tudo "preto-no-branco". Só se pode desejar as maiores felicidades a estes novos servidores públicos. Não sei, no entanto, se estas admissões (53 e mais 104 para o ano, fora as relativas a outras carreiras que também aparecem via DGAP) correspondem à famosa tirada da "entrada-de-um-por-cada-dois-que-saem". De qualquer forma, merecem, já que, tanto quanto sei, pagaram o Curso (5 mil euros). Apenas mais umas questões. O que é que o dr. João Figueiredo espera obter com a ideia dos atestados médicos certificados pelo Serviço Nacional de Saúde? Menos baixas? Ajudar o dr. Correia de Campos a aumentar virtualmente a "produtividade" dos centros de saúde e dos hospitais, particularmente os psiquiátricos? Para além destas, subsiste a questão-chave que se prende com a "estratégia" do governo para a administração pública. É que a cada "entrada" destas corresponde à abertura de um "lugar a acrescer automaticamente no quadro de pessoal" do organismo onde estas criaturas vão assentar praça. Isto é, "por-cada-um-que-entra-abre-se-mais-um-lugar" no Estado. E, entretanto, com o "esticar" da idade da aposentação, há mais que ficam e que já podiam ter saído. Pode ser que tudo isto, afinal, seja o óbvio e eu o obtuso.

"Caro João Gonçalves, eu fui um dos nomeados nesses despachos. As nomeações a que se refere correspondem à colocação dos alunos da 6a edição do "Curso de Estudos Avançados em Gestão Pública", ministrado pelo INA, nos respectivos serviços, em virtude do disposto no DL 54/2000, que criou o dito curso. Entre as nomeações publicadas hoje e as publicadas no DR de 15 de Setembro, somos 53 novos funcionários públicos. Não precisa de ir para trás contar. E já agora, para o ano vêm aí mais 104 por esta via. Antes que o CEAGP dê em polémica gostaria de informar que a polémica já teve lugar no blogue Quarta República, quando outro leitor regular do DR reparou no despacho que abria vagas para a 7a edição do curso. Convido por isso o João Gonçalves e os leitores deste post a referir-se ao post e aos comentários escritos à época [neste link].
Vasco Campilho"

UMA PERGUNTINHA

João Gonçalves 21 Set 06

Aproveitei o começo da "hora de almoço" para tentar perceber se o famigerado "Diário da República" electrónico funciona e de graça. Funciona e é de graça. Ao passar os olhos pela II Série - que, para quem não sabe, contém os chamados "actos da administração pública" - deparou-se-me um conjunto de "despachos" - completos ou em forma de "extracto" - através do qual são nomeadas para a categoria-base da carreira técnica superior do Estado - "técnicos superiores de 2ª classe" para "lugar a acrescer automaticamente no quadro de pessoal" para onde vão - pessoas da função pública mas de categorias ou de carreiras diferentes. É só ir aqui e ler, no que aos últimos trinta dias diz respeito. Por que é que eu refiro isto? O acesso ou o ingresso fazem-se através de um organismo chamado Direcção-Geral da Administração Pública que supostamente o PRACE - lembram-se dele? - iria extinguir. Não me vou dar ao trabalho de andar a ler os DR's para trás para contar esta gente. Os jornais que façam isso, se quiserem. Acontece que ainda há dois dias, com ar grave e fúnebre, o sr. Secretário de Estado da Administração Pública deu a conhecer os "números" dos funcionários do Estado - fora os que ele não conhecia e etc. - e conviria saber se estes "acessos" amanhados na distracção do Verão (os despachos chegam ao DR com umas boas semanas de atraso) também já estavam incluídos na contabilidade incipiente do dr. Figueiredo. Importava-se, pois, de nos elucidar acerca deste "instrumento de mobilidade" que obriga a criar mais lugares nos quadros de pessoal respectivos?

RAZÃO PÓSTUMA - 3

João Gonçalves 21 Set 06

Mais uma vez no carro e no trânsito, aparece-me um jornalista do inefável Diário Económico a papaguear a "2ª Convenção" da rapaziada do "Compromisso Portugal". Estupidamente ou por mera ignorância - o que vai dar ao mesmo - o locutor do RCP pergunta ao outro se não é boa a existência destes "grupos de cidadãos" (sic) que procedem a "reflexões" em prol da pátria. É claro que o "colega" do DE se dezfez imediatamente em elogios às teses do "Compromisso". Quem escutasse este diálogo surrealista ainda podia pensar que o "Compromisso" era um grupo de amáveis filantropos. Realmente o dinheiro da publicidade pode muito.

RAZÃO PÓSTUMA - 2

João Gonçalves 21 Set 06

"Enquanto presidente da câmara, Fátima Felgueiras terá encaminhado ilegalmente para o FC Felgueiras verbas que ultrapassaram os três milhões de euros. A acusação do Ministério Público responsabiliza também o ex-presidente Júlio Faria e cinco ex-vereadores da Câmara de Felgueiras pelo esquema de transferência de verbas para o clube. Faz hoje um ano que a autarca regressou do Brasil." Lê-se no Público. É para isto que os senhores "autarcas", os tais "de Abril", querem mais dinheiro dos impostos da carneirada? E agora vou tomar um duche e vestir-me para ir ao meu "controlo". Na realidade, vale a pena controlar alguma coisa neste país de merda? Como dizia o outro, "isto é só para safados". Não tenho feitio para isto.

UMA CERVEJA NO INFERNO

João Gonçalves 21 Set 06

"Já, o Outono! Mas porque desejar um sol eterno, se partimos à descoberta da claridade divina - longe daqueles que florescem e morrem com as estações."

Jean-Arthur Rimbaud, traduzido por Mário Cesariny

RAZÃO PÓSTUMA ?

João Gonçalves 21 Set 06


Juntaram-se ao dr. Carrapatoso e respectivos compagnons de route, os drs. Nogueira Leite e Fernando Pacheco que pretendem "eliminar" 200 mil funcionários públicos. Estas duas almas foram minhas contemporâneas na Universidade Católica onde fizeram carreira académica na banda da economia. Nogueira Leite, que eu saiba, é professor catedrático da Universidade Nova e, consequentemente, funcionário público. Quanto a Pacheco, a última vez que o vi, foi numa reunião de uma coisa chamada "sistema de controlo interno da administração financeira do Estado" em que eu estava em representação de Rodrigues Maximiano, à altura Inspector-Geral da Administração Interna, e a que Pacheco presidia na qualidade de Secretário de Estado do Orçamento de Pina Moura. Pina Moura, aliás, apareceu no início do encontro para anunciar uma "reforma" (a escola das "reformas" está em todos os lados e em lado nenhum) e preparar os "dirigentes" presentes - penso que eu era o único que não possuía o estatuto - para o pior. O pior, mal sabia Pina Moura, veio um ano ou dois depois pela boca do seu primeiro-ministro que, entretanto, descobriu o célebre "pântano". Pacheco e Nogueira Leite foram secretários de Estado de Pina Moura, tendo o segundo abandonado o "barco" mais cedo. Já a amizade de Pacheco com Pina Moura fermentou ao ponto de estar ao seu lado na Iberdrola. Isto serve apenas para dizer o seguinte. Estes ilustres académicos foram governantes de Portugal pela mão de dois homens manifestamente "iluminados": o bonzinho Guterres e o ex-estalinista empresário Pina Moura. Que mal lhes pergunte - sobretudo a Pacheco que tinha a obrigação de "coser" o Orçamento de Estado -, o que é que os dois lá estiveram a fazer já que não viram necessidade de "eliminar" ninguém nessa altura? É que pouco tempo antes da passagem de ambos pelo governo - na saison Guterres 95/99 - o Estado tinha "engordado" precisamente à conta das promessas eleitorais do partido que ambos serviram na Praça do Comércio. Tenho tanta pachorra para estes moralistas de última hora como para o dr. Louçã ou para o sr. Carvalho da Silva. Dar-se-á o caso de Salazar ter tido razão quando confessou a Franco Nogueira, em 1966, que "isto é só para safados"? Já estou como ele. Não tenho feitio para isto.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor