Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

AVANTE CAMARADA

João Gonçalves 3 Set 06


A sra. D. Maria das Dores, a nova presidente da Câmara de Setúbal, apresenta, como currículo executivo de veradora da cultura, o facto de ter arranjado "padrinhos" para as escolas do distrito. E os "padrinhos" vão desde o "Jumbo" até Mourinho. Fala em "mão de ferro" e em impôr outro ritmo. E gosta muito de "arranjar" os escritórios das suas empresas e as suas quatro casas. O PC, com esta escolha, deu a mão à palmatória. Vê-se a milhas de distância que é por ser empresária que foi escolhida e não por se ter lembrado dos "padrinhos" ou por ter bom gosto. A Câmara de Setúbal desde o empedernido Mata Cáceres que não sabe fazer contas. Aparentemente Carlos Sousa também não soube. Maria das Dores vai tratar da intendência como trata das suas empresas. Se não conseguir, avança outro.

A VERDADE DA MENTIRA (actualizada)

João Gonçalves 3 Set 06


Amor com amor se paga. Como explica linearmente no Público Vasco Pulido Valente (sem link), o engº Sócrates está a "cavaquizar" o PS, da mesma maneira que, até mais ver, "socratizou" Cavaco. Mais. Começou a preparar o partido para "deixar" passar - se não mesmo, apoiar - uma recandidatura presidencial. Para Sócrates, o partido é tão instrumental como as sapatilhas que usa para correr. E desde que o poder esteja bem distribuído pelos "camaradas" - das direcções-gerais às empresas de capitais públicos, da gestão de um canil municipal à informação- o mais que ele pode esperar são murmúrios vãos. Cavaco, neste primeiro mandato, dificilmente pode fazer outra coisa para além do que tem feito: aceitar, sem um rebuço, a autoridade (ia a escrever o autoritarismo) indiscutível de Sócrates. Cavaco não é perfeito, graças a Deus, e aprecia o respeitinho. Pelos vistos, à canzoada é indiferente que ele tenha andado pelo país a prometer a salvação da pátria ou a liderança do regime, tal como Sócrates prometeu não aumentar os impostos. O que me irrita na "civilização democrática", para além da bovinidade contentinha das "massas", é que o que acaba por triunfar é quase sempre a verdade da mentira. É só isso que a dupla Cavaco/Sócrates nos garante durante dez anos? E se a "propaganda" e as "reformas" não resultarem? O que é que fará Cavaco nessa altura? O melhor mesmo é ir meter a cabeça dentro de água para esquecer.

Adenda (emendada depois de ouvir Marques Mendes): Um conselho. Para já, esqueça que tem um "aliado" em Belém. Não tem. Lembre-se de Soares, "saison" 86-91, e ponha os olhos nesses fracassos dinamitados à distância que foram Constâncio e Sampaio. É claro que Cavaco não é Soares, e o senhor não é, felizmente, nenhum daqueles dois. Cavaco o que menos deseja são chatices, como ele diz, "político-partidárias". Porém, mais tarde ou mais cedo, as chatices hão-de bater-lhe à porta. E aí, ou há "ecce homo" ou não. Faz bem o dr. Mendes em pedalar a sua bicicleta. Sem medo de cair. Se isso acontecer, é só uma questão de se levantar e prosseguir o caminho.

O REGRESSO DA REALIDADE - 2

João Gonçalves 3 Set 06

Houve mais umas "ignições" imprevistas no Peneda-Gerês. O que é que as "fontes" dirão desta vez?

CAMARADA MARCELO

João Gonçalves 3 Set 06

Marcelo foi à Festa do Avante. Como avençado da RTP, teve direito a um "directo" no sábado. Já agora, por que é que não experimenta a "marcha pelo emprego" do Bloco de Esquerda?

YOU ARE WELCOME TO ELSA

João Gonçalves 3 Set 06


O Pedro Correia tem razão. A sra. D. Elsa Raposo é o verdadeiro "ícone" dos nossos tempos. De vez em quando, emergem da nossa "sociedade" corpos estranhos que, sem saberem ler nem escrever, viram "famosos". Esta senhora é "famosa", ao que consta, porque muda muitas vezes de namorados que, por via "camável", ficam logo "famosos" no caso de ainda não serem. Também é dada a neuras - com uma cabeça daquelas como é que tal é possível? - que exibe e derrama por tudo o que é revista "rosa". É entrevistada e fotografada de todas as maneiras e feitios, mesmo não "dando uma para a caixa". Parece que agora se intitula "empresária". Claro. Ela, na sua vacuidade absoluta, é a melhor empresa de si própria. Isto diz bem do estado a que chegámos. Para compôr este ramalhete, podemos colar-lhe, como "damas de honor", o casal transformista Castelo Branco. Quando calha folhear essas revistas com as "poses" e as caretas que algumas ditas "senhoras da sociedade" fazem, percebo que já não há senhoras. Qualquer bimba, bem ou mal vestida, julga-se uma senhora. E, mesmo que nunca lhe tivesse passado pela cabeça ser uma, a revista encarrega-se de a "fabricar". Na verdade, de Massamá a Cascais, pela A5, é um instantinho. É nestas alturas que tenho saudades da Vera Lagoa. E da "Cilinha" Supico Pinto. Enfim, sejam bem-vindos à Elsa. É o que há.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor