Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

TATOO

João Gonçalves 8 Ago 06


Este ano tenho reparado na abundância de tatuagens por tudo quanto é corpo masculino e feminino. Parece uma praga. Desde coisas minúsculas, tipo um escorpião no ombro, até gatafunhos gigantescos nas pernas, nos braços, no peito ou onde as costas perdem o nome. Há casos em que o desenho desponta do calção ou do biquini, pelo que é de supôr que a tatuagem tenha origens mais "profundas". Com o devido respeito, a profusão de tatuagens dá ideia de que não há por ali um vislumbre de banho, a não ser de mar. Se já não tinha muita graça, a sua banalização corresponde quase à obrigatoriedade de ler Dan Brown na praia. O mimetismo tem destas coisas. Quanto pior, melhor. Quase me dá saudade do "amor de mãe".

WITH GRACE

João Gonçalves 8 Ago 06


"You know, part of being an adult is admitting that you've failed, and then moving on with grace."

Desperate Housewives, Episódio 19 da 2ª série

UM PORTUGUÊS

João Gonçalves 8 Ago 06


Foram precisas as pernas de um senhor com um nome tipicamente português - Francis Obikwelu - para a pátria obter uma medalhinha de ouro num campeonato de atletismo na Suécia. Sempre é melhor do que ter que observar a farta pilosidade que a Rosa Mota exibia debaixo dos sovacos quando, noutra encarnação, nos "orgulhava". Seja, pois, bem-vindo, sr. Obikwelu. E não se preocupe se não souber cantar o hino. Há para aí muito "tuga de gema" que também não sabe.

MISS PEARLS...

João Gonçalves 8 Ago 06

... a menina merece do melhor. Não conte os posts que se faz velha num instante. Limite-se a continuar. Sempre por bom caminho e segue.

BOA PERGUNTA

João Gonçalves 8 Ago 06

... esta, do Paulo Gorjão. E depois não venha com a cantilena da ONU e do seu conselho de bonzos, mais conhecido por "de segurança". Já chega.

LISBOA SEM-ABRIGO

João Gonçalves 8 Ago 06


Em Agosto, Lisboa felizmente morre um pouco. Os carros circulam mais depressa e só os semáforos incomodam. Os transportes públicos estão mais frequentáveis. Os que ficam exibem um ar de modorra e de indiferença, incompatível com a "alegria" da palonçada que "foi para fora". Até no tempo, Lisboa é outra este mês. Hoje deu-lhe para as nuvens e para o fresquinho. A cidade subterrânea aproveita o vazio para emergir. E há um vago cheiro a trampa por todo o lado.

"CIRCUNSCRITO" - 2

João Gonçalves 8 Ago 06

O Hezbollah é como os nossos fogos. Todos os dias Israel jura que está "circunscrito". E cada vez há mais incêndios.

"CIRCUNSCRITO"

João Gonçalves 8 Ago 06

Já cá faltava aquele jargão tão nosso conhecido de há três anos para cá, nesta altura. Como é que é? Ah, o fogo está "circunscrito". "Circunscrito": que excelente palavra para não dizer praticamente nada e o mesmo. Prefiro "apagado". É menos fantasioso.

LENDO OUTROS

João Gonçalves 8 Ago 06

O Rui Tavares é "esquerdino". Não importa. Isto é correcto. "Imagine como seria se Portugal fosse atacado a partir da Galiza como Israel a partir do Líbano. O pressuposto é o de que Israel faz apenas “o normal”, o que todos os países fazem. A realidade não confere. Espanha foi alvo de terrorismo durante décadas, e sabia que a ETA se escondia no País Basco francês. Nunca bombardeou Saint-Jean-de-Luz. O Reino Unido foi alvo de terrorismo durante décadas e sabia que o IRA se organizava na República da Irlanda. Nunca bombardeou Belfast, muito menos Dublin. Há menos de um mês, sete atentados simultâneos mataram mais de duzentas pessoas em Bombaim. Há fortes suspeitas de que os autores tenham vindo da Caxemira paquistanesa. Todos os ocidentais louvaram a contenção da Índia; e no entanto, ao contrário do Irão, o Paquistão já tem armas nucleares e partilha uma fronteira terrestre com a Índia. A lição é clara: o terrorismo é uma questão de segurança, policial, judicial, política. Pode ser atacado, com mais ou menos sucesso, por qualquer destas vias. Quando passa a ser uma questão militar, perpetua-se."

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor