Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

LENDO OUTROS

João Gonçalves 18 Jun 06


"Uma das nossas proezas", de André Moura e Cunha. O Spinoza, autor da "Ética", também serve para ilustrar esta referência do Jorge Ferreira a Eduardo Cintra Torres. E eu até gostava do José Alberto Carvalho. "A RTP1 calou a política em finais de Maio. Só regressa em Setembro. Mais de três meses em falso unanimismo nacional. O Governo agradece ao seu canal de informação."

TV SEM MUNDIAL

João Gonçalves 18 Jun 06


Vasco Pulido Valente, na :2, logo, às 22:30 horas, no programa Diga Lá Excelência.

OS ASSESSORES

João Gonçalves 18 Jun 06


Deus sabe como não sou dado a invejas. Tudo o que anseio é que me deixem em paz e que cada um faça da sua vidinha o que melhor entender. Acontece que o propósito do governo é justamente não me deixar em paz. Paz de espírito, quero eu dizer. À autoridade política há que somar - convém, digo eu, somar - a autoridade moral ou ética. Isto vem a propósito do controlo da despesa pública. A atabalhoada "reforma do Estado" - supostamente em curso e cuja evidência maior é a liquidação pura e simples da noção de serviço público a bem de uma alternativa que o próprio governo desconhece qual seja - pretende apenas poupar. Ao menos o angustiado Hamlet tinha um método na sua loucura. Nesta matéria, o governo não tem rumo nem método. Tem uma carteira com trocos e um porco como mealheiro. Como "reforma", convenhamos, é poucochinho. No meio disto, sobra a propaganda. E essa tem de ser paga a preço de ouro. Já sabíamos que os gabinetes dos membros do governo são uma espécie de "saco de gatos" de controlo duvidoso. O custo dos assessores de imprensa , revelado pelo Público, é esclarecedor do desígnio. Por exemplo, o dr. Duarte Moral, do dr. Costa, merece o que ganha. O argumentário surpreendente acerca do combate a incêndios (que metia lareiras e conta-gotas) brotou da sua excelsa cabeça e o secretário de Estado Ascenso Simões repetiu-o à exaustão com o sucesso que as televisões mostraram. Também Carneiro Jacinto "parece" o verdadeiro ministro dos Negócios Estrangeiros e colmata, com manifesta eficácia e com uma fluência digna da Feira do Relógio, o "cansaço" do prof. Amaral. O caso da assessora das Finanças é mais difícil de compreender já que são os titulares dos gabinetes quem se encarrega dos salamaleques e de explicar praticamente o inexplicável. Agora é fácil. Cada vez que algum governante aparecer em público a pedir "poupança" e míngua sem se rir, peçam para falar com o assessor. Ele ou ela é que sabem. É para isso, pelos vistos, que lhes pagam.

GRANDES FRASES

João Gonçalves 18 Jun 06


"Je crois aux forces de l'esprit et je ne vous quitterai pas."

(François Mitterrand, no último discurso de "ano novo", em 1994, como presidente da República Francesa)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor