Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

O LIVRO DO RESSENTIMENTO

João Gonçalves 10 Mai 06


Manuel Maria Carrilho ressuscita amanhã dos mortos com um novo livro. Infelizmente não é de filosofia, mas de mágoas. "Sob o signo da verdade" - o seu título - anuncia-se impiedoso. Veja-se a publicidade. "Retrato da mais brutal campanha negativa feita no Portugal democrático", "o vídeo intimista que nunca existiu", "as armadilhas a Carrilho e as perseguições a Bárbara", "fugas e gafes protegidas: episódios reveladores", "difamações e apertos de mão", "a autocrítica de Carrilho". Em suma, "descubra tudo sobre estas e outras histórias que marcaram o verão quente de 2005". A Dom Quixote e Carrilho não se pouparam a nada. Nota-se a falta que Nelson de Matos faz na primeira e a ausência de bom senso do segundo. Fica mal a Carrilho propagandear um livro como se fosse o prof. Herrero, do Herman José, o tal do "cagalhão na tola". Ninguém quer saber de "histórias" que não fizeram história. Estou à vontade. Fui dos primeiros a defender publicamente a candidatura de Carrilho à Câmara de Lisboa. Observei, desagradado, a forma como o seu principal protagonista conduziu tudo tão alegremente para o fundo. Este "número" do livro era escusado a não ser a benefício de um narcisismo tardio. Ou, então, por ter uma "agenda" escondida para maçar Sócrates. Seja como for, significa que Carrilho ainda não entendeu o que lhe aconteceu em Outubro.

O FIEL BANQUEIRO

João Gonçalves 10 Mai 06


O PSD não tem nenhuma credibilidade para "interpelar" este governo por causa do seu primeiro ano. Não porque o "desempenho" seja formidável - não é, ao contrário do que o dr. Silva Pereira esteve meia-hora a papaguear a Mário Crespo na Sic Notícias - mas pela simples razão que o PSD, precisamente há dois anos, também anunciava "retomas" onde elas manifestamente nunca existiram. Têm, no entanto, governo e PSD, algo em comum: o fiel e constante Constâncio que arranja sempre umas miraculosas décimas - para baixo ou para cima - nas suas intermitentes "previsões". Talvez por ser Primavera, desta vez subiram.

SSDD

João Gonçalves 10 Mai 06


Há quem diga ou "comente" que trato mal o país. Limito-me a tratá-lo como ele me trata a mim.

CREPÚSCULO

João Gonçalves 10 Mai 06


"Notem na atracção pelo que não é essencial e pelas aparências, domínios em que Portugal dá cartas. Basta pensar no número de telemóveis por habitante ou na ainda mais impressionante estatística do número de automóveis por mil habitantes, indicador em que estes portuguesinhos remediados fazem questão em se colocar em terceiro lugar no ranking europeu, só ultrapassados pelos luxemburgueses e pelos italianos. Afinal, se estamos condenados a deslizar rampa baixo, ao menos façamo-lo de automóvel..."

José Manuel Fernandes, Público

NADA DE MAIS

João Gonçalves 10 Mai 06


A ONU merece ser desacreditada como os EUA - quando lhes dá na telha e na algibeira - o fazem. Agora, em substituição da "comissão", foi criado um "conselho de direitos humanos" da dita ONU. Parece que éramos candidatos - dos "bons", dizem - e que até empenhámos um subsecretário de Estado na promoção. Mesmo assim, Portugal não foi escolhido. Em compensação foram eleitos para o "conselho" países que são "exemplares" em matéria de direitos humanos: China, Rússia, Cuba, Paquistão, Arábia Saudita e Nigéria. São quarenta e quatro ao todo, com alguns da Europa "ocidental" (Alemanha, Suiça ou o Reino Unido) para ornamentar. Os EUA, muito sensatamente, nem se candidataram. Ou seja, não perdemos nada de mais.

EMPREENDEDORISMO - 2

João Gonçalves 10 Mai 06

Depois do micro-episódio com as "empresas na hora", utilizado por alguns mais imaginativos para a criação de ficções destinadas a aldrabar o Estado e terceiros, segue-se este maravilhoso exemplo de empreendedorismo nacional "virado" para o exterior. Consta que um dos detidos em Espanha até já tinha sido condecorado por Sampaio provavelmente pelos seus contributos para a prosperidade nacional. São "exemplos" destes que aquecem o coração patriótico, não é verdade?

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor