Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

VINTE E CINCO DO QUATRO

João Gonçalves 25 Abr 06

É a primeira vez que temos um PR que não veio da "luta anti-fascista", nem pertence à chamada "família socialista". Eanes era atípico, porém um "militar de Abril" e de Novembro. Cavaco, e bem, não perdeu muito tempo com a revisitação da história. Falou para diante e sobre um país esquecido que muito provavelmente não o ouviu. Foi gentil e institucional nos "remoques" propriamente "políticos". No "justicialismo" que reclamou por parte da gestão pública, limitou-se a seguir a vulgata social-democrata. Não foi por acaso que, no final, os olhos da "esquerda moderna", representada por Sócrates, brilhavam. Nem sequer faltou a proposta de um "pacto" ou de uma "união nacional" em torno da ideia, já de si consensual, da "inclusão". Em suma, o regime celebrou-se a si próprio e foi para casa mais descansado depois de ouvir o presidente.

VINTE E CINCO DO QUATRO - 2

João Gonçalves 25 Abr 06

"NÃO SEI QUAL O PIOR: Se o "Especial Abril" na RTP1, ontem, se o discurso-padrão no parlamento, hoje. O português solene-televisivo é o produto do cruzamento de um campino com uma rapariguinha do shoppingue."

Filipe Nunes Vicente, in Mar Salgado

VINTE E CINCO DO QUATRO - 3

João Gonçalves 25 Abr 06


"Os cravos foram, em última análise, uma oferta do SNI aos golpistas. Destinavam-se as ditas flores a assinalar uma efeméride relacionada com o turismo e, como tal, a serem oferecidos aos turistas que deambulassem nesse dia 25 de Abril em Lisboa. Quanto à loura criancinha do cartaz pode o senhor Presidente da República tranquilizar-se: nasceu em família de cineastas e burguesíssimos. Se a sua vida correu mal não foi por ser pobre. O que é bizarro é que 32 anos depois do 25 de Abril continuamos a ter uma noção poster da democracia e transformámos a botânica num item da política."

Helena Matos, in Blasfémias

VINTE E CINCO DO QUATRO - 4

João Gonçalves 25 Abr 06

"mais

uma operação furacão ..... que se fica por operação peidinho.......do "café com leite" nem as borras apanharam... (O vale e azevedo era mesmo tótó...)

ainda por cima cheira-me que o dinheiro dos impostos vai ser gasto a indmenizar estes cidadãos exemplares...

não sei não mas sempre se podia criar a DGCDTTMNAUMGDCC.... (direcção geral e central de tentamos tentamos mas não acertamos uma mas gastamos dinheiro cumó caraças)"

In Anarca Constipado

LER

João Gonçalves 25 Abr 06


Este bonito texto de Fernanda Câncio, com uns anos, sobre e com Amos Oz.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor