Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

ABC

João Gonçalves 17 Abr 06

O meu cada vez mais consolidado "anarquismo de direita" saúda o regresso à blogosfera do mais "institucional" Paulo Pinto Mascarenhas, o pivot do defunto O Acidental e director da revista Atlântico. Devia, no entanto, ter-se poupado àquele folhetim do "fim da blogosfera". Nada, a não ser a vida eterna, é para sempre. Welcome back.

"A DETERMINAÇÃO"

João Gonçalves 17 Abr 06

A Carla entende-me e eu entendo a Carla:

"porque é que só vejo séries: hoje mais um bombista-assassino fez-se explodir em Telavive. Matou nove pessoas, feriu cinquenta e matou-se a si próprio. Vejo, na televisão, imagens do alegado assassino: uma criança com 16 anos, de metralhadora na mão. Comentário do jornalista: "Podemos ver a sua determinação". Determinação? Não vale a pena."

HOUSE DOIS

João Gonçalves 17 Abr 06

Mais logo, no Canal Fox da TV Cabo, enquanto a inevitável Fátima Campos Ferreira maça com mais um daqueles "temas" psicadélicos que interessam profundamente a nação, Gregory House e os seus colaboradores dão início à segunda temporada da série. Sempre dá para fingir que não vivo aqui de vez em quando.

UM EQUÍVOCO

João Gonçalves 17 Abr 06

Ler "Fora de Prazo", no Da Literatura, por Eduardo Pitta. Não se percebe bem por que é que o presidente da República reconfirmou a veneranda figura de João Benard da Costa como presidente da comissão organizadora das comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades. Ou melhor, até se pode perceber se se pensar que o 10 de Junho está já aí e que não havia mais ninguém a tempo de tratar do assunto. Acontece que esta recondução assenta num imenso equívoco. Bénard da Costa, escolhido para aquilo por ser amigo de Jorge Sampaio, limitava-se a debitar a sua vã discursata na comemoração. Quanto à intendência propriamente dita do 10 de Junho, eram as assessorias do presidente que se encarregavam de tudo. Bénard apenas paira e ornamenta, como rapidamente se aperceberão disso em Belém. Na vertente Cinemateca, Bénard da Costa encontra hoje nas páginas do Público a indignada defesa da sua permanência pré-mumificada à frente da instituição, feita por Eduardo Prado Coelho, a pretexto de atacar Isabel Pires de Lima que só se "salva" (EPC decreta) por causa de Joe Berardo, logo aquilo que não a salva. Não há mesmo meio de EPC fazer o tal congresso extraordinário na sua cabeça. Bem pergunta Eduardo Pitta: "A tentativa de transformar uma comissão de serviço numa sinecura é o quê? Uma prepotência? Ou simples patetice?"

AS GOOD AS IT GETS

João Gonçalves 17 Abr 06


Carol: ... We all have these horror stories to get over.
Melvin
: That's not true. Some of us have great stories... pretty stories that take place at lakes with boats and friends and noodle
salad. Just not anybody in this car. But lots of people -- that's their story - good times and noodle salad... and that's what makes it hard. Not that you had it bad but being that pissed that so many had it good.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor