Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

2 POEMAS DE BORGES

João Gonçalves 13 Jan 06

I

Ya no es mágico el mundo. Te han dejado.
Ya no compartirás la clara luna
ni los lentos jardines. Ya no hay una
luna que no sea espejo del pasado,

cristal de soledad, sol de agonías.
Adiós las mutuas manos y las sienes
que acercaba el amor. Hoy sólo tienes
la fiel memoria y los desiertos días.

Nadie pierde (repites vanamente)
sino lo que no tiene y no ha tenido
nunca, pero no basta ser valiente

para aprender el arte del olvido.
Un símbolo, una rosa, te desgarra
y te puede matar una guitarra.

II

Ya no seré feliz. Tal vez no importa.
Hay tantas otras cosas en el mundo;
un instante cualquiera es más profundo
y diverso que el mar. La vida es corta

y aunque las horas son tan largas, una
oscura maravilla nos acecha,
la muerte, ese otro mar, esa otra flecha
que nos libra del sol y de la luna

y del amor. La dicha que me diste
y me quitaste debe ser borrada;
lo que era todo tiene que ser nada.

Sólo que me queda el goce de estar triste,
esa vana costumbre que me inclina
al Sur, a cierta puerta, a cierta esquina.

"HIGHLIGHTS DA CULTURA"

João Gonçalves 13 Jan 06

Eduardo Pitta escreve: "Esta crise devia servir para pôr um ponto final no ministério da Cultura. Países evoluídos dispensam o adereço: Reino Unido, Estados Unidos, etc. Se o que está em jogo são dinheiros & balancetes, a coisa resolvia-se com uma direcção-geral de Acção Cultural, com várias divisões: Livro, Teatro, Cinema, Artes Plásticas, Artes Performativas, o que quisessem." Eu próprio, noutra encarnação, já tinha pensado nisto.

LER

João Gonçalves 13 Jan 06

... no Margens de Erro os excelentes dois posts "O crente e o céptico".

"BETWEEN NOWHERE AND GOODBYE"- 2

João Gonçalves 13 Jan 06

"Queria felicitá-lo pela parte que seleccionou do filme Million Dollar Baby, de Clint Eastwood. A expressão between nowhere and goodbye ficou gravada na minha memória muito depois de ver o filme. Todos nós procuramos um sítio assim, onde possamos viver em paz. Dito isto, gostaria também de partilhar o seguinte consigo: Estava ontem sentadinho no meu sofá a fazer zapping quando parei na SIC-Notícias para ver o resumo da campanha presidencial...no meio de promessas de mundos e fundos ouvi os apoiantes de Soares e o próprio a perguntarem onde estava Cavaco no 25 de AbriL de 1974, onde estava ele quando se travava a luta anti-fascista...fiquei preocupado, com a sensação que o meu sonho de um dia tornar-me presidente da nação jamais poderá tornar-se realidade...o que responderei quando me fizerem as mesmas perguntas que hoje em dia fazem a Cavaco? Encolherei os ombros e direi: uhm, não tinha nascido? Aquilo que sei, do que se passava e do que mudou, sei-o apenas no que aprendi em livros, na escola, dos meus pais e de alguns documentários que vi. Pois é, tenho 26 anos, sou um cidadão eleitor e não fiz nada pela luta anti-fascista e nem sei se os meus pais eram casados em 74 ... eu, e penso que muitos, não quero saber onde estava nenhum dos candidatos no 25 de Abril, porque sou da geração pós-revolução, a mim interessa-me o que são eles capazes de fazer a partir de 22/1/2006, 32 anos após a revolução...deixem-se de fados e nostalgias porque o caminho é para a frente."

(José Basílio)

A "SEMENTEIRA"

João Gonçalves 13 Jan 06

Passam hoje dez anos sobre a eleição de Jorge Sampaio para PR. Para "comemorar", o Chefe de Estado chamou a Belém, logo pela fresquinha, o dr. Souto Moura. Parece que alguns jornais voltaram à carga com as escutas telefónicas efectuadas à conta do processo Casa Pia. Só que, desta vez, diz-se que algumas terão abrangido os telefones do próprio Sampaio e de outras eminências de topo da hierarquia do Estado, designadamente Souto Moura e esposa, nuns inocentes telefonemas a marcar cabeleireiro e a encomendar uma pizza. Antes de chegarmos até aqui, certamente que, neste e noutros processos, muita gente foi escutada desnecessariamente sem que tivesse tido a hipótese de convocar o dr. Souto Moura a sua casa para lhe pedir explicações. Não há, que me conste, registo de indignações ou de exaltações. Como de costume, vai seguir-se um "rigoroso inquérito" do qual se irão extrair "todas as consequências". No meio desta peripécia grotesca - mas preocupante pelo lado da maturidade da nossa maravilhosa democracia - , convém lembrar que foi sob a égide do dr. António Costa, então ministro da Justiça do "bonzinho" Guterres e com Sampaio como PR, que as alterações ao procedimento penal, em matéria de reforço dos poderes investigatórios das polícias e dos órgaõs responsáveis pela acção penal, foram efectuadas. O PS e o dr. Soares, o seu candidato oficial, gostam muito de falar em "sementeiras". Ora bem. Temos aqui um magnífico exemplo da "sementeira" lavrada em tempos recentes na Justiça. Os frutos começam agora a aparecer.

Adenda: Ler estas "preocupações" do Gabriel no Blasfémias

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor