Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

CAMPANHA DIA -2

João Gonçalves 9 Jan 06

Um "Black-Out" para ler no A Origem das Espécies, um "silêncio" num jovem blogue amigo, de outra "geração" e, na Grande Loja, "a queda de um anjo". Não se deve dar excessiva importância ao gesto de Mário Soares. Trata-se, aliás, de um processo - digamos assim - natural. A semana passada Soares não estava para aturar aquilo a que apelidou de "perguntas parvas" dos jornalistas. Agora decidiu, mesmo que por breves instantes, não os "aturar" de todo. Que irreconhecível que anda este grande sedutor. Não sei se chame aos dias que se vão seguir, campanha ou agonia. Dele e nossa.

Adenda: Ler igualmente, no Anarca Constipado, "delusional world"

PETIÇÕES E ERROS

João Gonçalves 9 Jan 06

Eu confesso que tenho uma certa alergia a "petições" a a "abaixo-assinados". É que, quando percorremos a lista de subscritores, corremos sempre o risco de encontrar alguém que nos faz perguntar o que é que está ali a fazer e de que é que se queixa. Por outro lado, duvido da eficácia do exercício, para além do seu carácter eminentemente simbólico, quando não, folclórico. Vem isto a propósito de uma petição que corre na internet acerca do ministério da Cultura, tendo por pretexto o afastamento de António Lagarto da direcção do Teatro Dona Maria. Como de costume, misturou-se tudo e há já quem sonhe com a cabeça de Isabel Pires de Lima servida numa bandeja. Sobre este assunto, eu já disse o que tinha a dizer uns posts atrás. Quer a ministra, quer o seu secretário de Estado, deram uma conferência de imprensa puramente política porque é para isso que eles lá estão, por mais que tal desagrade ao peticionários. Independentemente do respectivo conteúdo - a retórica nacionalista incomoda-me sempre, venha ela de onde vier - aquelas criaturas estão ali com um mandato democrático. E por mais que isso custe - e a mim duplamente, por ser amigo de Lagarto e não entender a opção por Fragateiro - eles é que mandam. Os erros, esses, pagam-se mais tarde. Os de uns e os dos outros.

Adenda: Eduardo Pitta, pois...

PEDRA FILOSOFAL

João Gonçalves 9 Jan 06


Por que é que eu nunca consigo acordar assim?



(roubado ao Francisco Trigo de Abreu, salvo seja)

CAMPANHA DIA - 2

João Gonçalves 9 Jan 06

"A alma é um vício", diz Agustina Bessa Luís em "Fanny Owen". Louçã andou por aí a perguntar pela "alma" do "povo de esquerda". Louçã, com vários anos de atraso, quer ressuscitar à viva força a dicotomia tradicional e arvorar-se, nesta eleição, como a "esquerda" dos olhos abertos. Acontece que a "alma", que é um vício, anda dispersa, como os tempos que vivemos e onde a mente criativa de Louçã raramente penetra. Ontem, o El País olhava cá para dentro e contava que "quatro não chegam" para "travar" um, atropelando-se, pelos vistos, uns aos outros sem glória. É a vida, afinal, como ela é. Com alma.

Adenda: Ler, de Paulo Gorjão, "O Peso da História".

CONSEQUÊNCIA DO LUGAR

João Gonçalves 9 Jan 06



Dá-me a tua mão desconhecida e que eu conheço.
Não sei quem escuto quando falo para ti.
A tua boca é sem, meu amor, razão.


Joaquim Manuel Magalhães

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor