Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

...

João Gonçalves 2 Set 03

O MACACÃO

Numa longínqua Contra-Informação, dos tempos em que o já saudoso Dr. Jorge Coelho mandava, o respectivo boneco, a propósito de umas preocupações circunstanciais de "Toneca" Guterres, dizia para ele não se preocupar, "que se desse ao povo o que o povo gosta": umas bailarinas, um macaco (alusão o um macacão que aparecia num programa de João Baião) e futebol. Desaparecidas as bailarinas, ficou o futebol e eventualmente um macacão. Eu pecador me confesso, mas não ligo pevas à bola. A vizinhança bloguista, e muita da que consta da lista da direita, escreve que se farta sobre o curso do esférico nacional. Porém, como vejo tv, estou sempre a levar com a bola no focinho. Por estes dias, reparei que o Sr. Mourinho, que até tem bom aspecto, perorou com abundância. Se bem percebi, entre ele e o mundo, que começa logo nos jornalistas, existe uma sublime distância, encurtada aqui e ali quando a veneranda figura decide mostrar os seus talentos oratórios. Percebe-se que a criatura só sabe falar de si e para si, na melhor tradição Pinto da Costa. Depois de o ver e de o ouvir, pressenti que o macaco Adriano, o tal do João Baião, afinal, ainda não se tinha ido embora. Mudou apenas de fato, não canta, mas fala, e pôs gel na mona.

...

João Gonçalves 2 Set 03

ESPERA III

Era com estar só. Mas
estar só e feliz.
A varanda envidraçada,
o cheiro do café, um ramo,
chamado pelo sono.
Sombras de sol batiam
no chão de madeira velha.
Restos de água da noite
brilhavam nos vidros
os primeiros insectos.
A maresia das aves costeiras
lanceoladas de luz.
Os olhos pousavam à espera
de te voltar a ter.


Joaquim Manuel Magalhães, Uma luz com um toldo vermelho

...

João Gonçalves 2 Set 03

GUTERRES

Passando há pouco por um quiosque, reparei num título de um jornal. Dizia qualquer coisa como isto: o rendimento mínimo nacional, em 2002, retirou cerca de 13000 almas da miséria. No fim de semana, noutro jornal, o Sr. Sócrates jurava que o Eng.º Guterres era um bom candidato a Bélem. O Prof. Marcelo já o põe a disputar a coisa, ou com Cavaco, ou com Lopes. Lula da Silva, via ONU, vai contar com os ensinamentos de Guterres na área das reformas "sociais". Estes três ou quatro sinais demonstram que o homem, não só já saiu do pântano onde voluntariamente se tinha atolado, como já começou a passar-se por água para retirar as sujidades que possam ter ficado coladas ao corpo. Pelo sim, pelo não, é bom que esteja "limpo" para as eventualidades de 2006. O País de Guterres, entre 1996 e 2001, ou pelo menos até 1999, era um país satisfeito consigo mesmo, repleto de eventos light, despreocupado e com dinheiro para gastar. Até 2006, se a contabilidade da penúria não arrepiar caminho e se a economia não começar rapidamente a sorrir, muito boa gente pode vir a ter saudades daquele País e do seu rosto mais emblemático. Em política, como no amor, uma mão lava a outra, e está a andar.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • João Gonçalves

    Primeiro tem de me explicar o que é isso do “desta...

  • s o s

    obviamente nao é culpa do autor ter sido escolhi...

  • Anónimo

    Estou de acordo. Há questões em que cada macaco se...

  • Felgueiras

    Fui soldado PE 2 turno de 1986, estive na recruta ...

  • Octávio dos Santos

    Então António de Araújo foi afastado do Expresso p...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor