Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

NEGOCIAÇÕES

João Gonçalves 29 Set 09


Com escreve um leitor, com a anunciada devassa da investigação criminal a determinados escritórios da advocacia de negócios e do regime (é a mesma coisa), começaram as "negociações" formais para a formação de um novo governo.

4 comentários

De Anónimo a 29.09.2009 às 20:10

Os so-cretinos que limpem sozinhos a sujeira que fizeram. Ou, então, afundam-se ainda mais... infelizmente, podemos ir também ao fundo.

PC

De Garganta Funda... a 29.09.2009 às 20:21

Não resta dúvidas quanto ao «timing» dessas «investigações».

Se os portugueses ainda tinham dúvidas quanto aos métodos utilizados na condução desta republiqueta, elas hoje foram dissipadas.

Tudo isto a somar à grande orquestração «jornalistica» em curso e que tiveram como objectivo desqualificar a campanha da Drª MFL e deixar o PR refém desta tramóia.

Infelizmente, a «justiça» em Portugal
não é independente e algumas movimentações ou «investigações» são orientadas conforme a agenda politica.

Portugal bateu no fundo.

A miséria moral e material é hoje de tão magnitude, e, em diversos domínios é muito mais grave do que os pressupostos que justificaram o golpe militar de 25 de Abril de 1974.

De Anónimo a 29.09.2009 às 20:24

Caro Sr.João G0nçalves.
Tenho seguido, com bastante curiosidade, a s movimentações de algumas figuras,ou figurões, que sempre peroraram na comunicação social, servindo de capacho, ao chefe socretino, perfilando-se para abocanharam os jobs, que inevitavelmente serão distribuidos, por aqueles que mais se distinguiram na sabujice , na tv e na imprensa:estou a lembrar-me principalmente do jornaleiro Rangel, da sopeira Ana, e de ,
outras figuras ridículas, que nunca esconderam, o seu amor pelo querido líder.Mas de entre todos, o maior capacho é sem sombra de dúvida, o inenerrável Santos Silva.

Cps
S G

De Alves Pimenta a 29.09.2009 às 20:28

Terrorismo judiciário, disse (e muito bem, desta vez) o bastonário Marinho e Pinto.
Até quando cândidas e quejandas continuarão à rédea solta?

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor