Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

A "INFLUÊNCIA ACTIVA" DA REALIDADE

João Gonçalves 21 Dez 10



Calhou assistir ao debate Cavaco/PC, este representado pelo futuro secretário-geral, o deputado Lopes. Lopes é rijo. Viu-se com Alegre. Mas Cavaco, hoje, fez-me recordar o melhor Cavaco, o das eleições legislativas de 1991. Talvez por isso lamente a sua rendição à Constituição, à sua inútil revisão e ao "papel" imposto, desde 1983, ao PR pelos principais partidos do regime. De qualquer forma, um novo e definitivo mandato, com mais ou menos "influência activa", será diferente deste. Não porque Cavaco o deseje mas porque a realidade acabará por se lhe impor.


Adenda: As "associações" de Cavaco ao episódio BPN a título de argumentário político é coisa de pulhas. Ponto final.


Adenda2: E pior do que um pulha só um pulha (vários ou o mesmo) anónimo e cobarde como alguns cretinos que vêm aqui comentar. Vão para as compras que é coisa que devem saber fazer bem. Deslizem.

33 comentários

De floribundus a 21.12.2010 às 21:52

os pêcês da 'cassette pirata' fazem-me lembrar, sem ofensa para os de quatro, as alimárias a que colocavam antolhos para andarem a roda a tirar água à nora.
Cavaco dispôe de 'canocchiale' com um ou dois pares de lentes (binóculo)

De antónio chuchado a 21.12.2010 às 22:28

Acredito que com mais "influência activa", para repor 'alguma' seriedade na instituição, que gere os destinos do país, e de nós, a que convencionámos chamar de governo.

"Ministra da saúde contraria dados das Finanças sobre o défice" (DE).

Com a transparência opaca a que este governo nos habituou, chegámos a uma situação em que, alguém honesto, com sentido de responsabilidade e que tenha 'alguma' vergonha, não aceite fazer parte deste executivo, recusando fazer papel de fantoche.

antóniuo chuchado

De observador a 21.12.2010 às 23:34

Chamo a atenção que Cavaco Primeiro Ministro, e lider do PSD, não fez nadica-de-nada para alterar para repôr os poderes do PR na Constituição.

Sendo assim, é porque os achava OK, e que permitiam exercer a sua acção, pelo que não lamente.

De Anónimo a 21.12.2010 às 23:44

As "associações" são sempre "coisa de pulhas" até se descobrir a careca aos associados. Depois passam a chamar-se loureirices.
E não se faça desentendido, que o senhor dono do blogue ouviu bem o que foi dito. A censura que faz Francisco Lopes é ao acto de promulgação do diploma que "nacionalizou" o banco. Por causa do 5 mil milhões que já nos foram roubados. Com a conivência do bendito promulgador.

De M. Abrantes a 21.12.2010 às 23:55

Lopes é rijo e Cavaco tem alguns buracos na parede, por onde até o som gasto de uma cassete se pode fazer ouvir. Não voto em nenhum dos dois.

De Anónimo a 22.12.2010 às 00:09

Tenho grandes dúvidas sobre a "actividade" do homem no segundo mandato mas cá estamos na expectativa para ver sendo certo que é o único candidato credível.

De Mani Pulite a 22.12.2010 às 00:45

CAVACO DISSE QUE SE O FMI ENTRAR O GOVERNO FALHOU.É PRECISO DIZER CLARAMENTE QUE UM GOVERNO QUE FALHOU NÃO PODE CONTINUAR,A ASSEMBLEIA DEVE SER DISSOLVIDA E UM NOVO GOVERNO SAIR DE ELEIÇÕES LEGISLATIVAS.

De Anónimo a 22.12.2010 às 08:53

"Adenda: As "associações" de Cavaco ao episódio BPN a título de argumentário político é coisa de pulhas. Ponto final."

Exactamente os mesmos dos 33.000 contos imputados ao Sá Carneiro. Recorda-se ?

De iupi a 22.12.2010 às 09:27

parece-me que aquilo que o atrai em Cavaco é o mesmo que me afasta dele.
calculismo barato, um ar de quem está acima de todos os outros e que afinal é o mais rasteiro, de quem parece ter estado noutro planeta durante estes anos em que esteve no Palácio. é este tipo de carácter que afasta qualquer pessoa de bem dos políticos, que lhes fecha a porta de casa.

um nojo.

De Observador_atento a 22.12.2010 às 09:49

O debate teve um interesse extraordinário. Gravei para poder ver outra vez.

Comentar post

Pág. 1/4

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor