Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

A GUERRA DE LAPTOP

João Gonçalves 31 Jul 06


Ouvi no carro que Israel está a fazer um "intervalo" no seu ataque indiscriminado ao Líbano para "tentar perceber" o que se passou em Qana. Miss Rice, entretanto, regressou a casa à espera de melhores dias. E o Conselho Europeu reune-se amanhã para pensar no assunto. Ou seja, o foguetório deverá seguir dentro de momentos. Sem complexos, nem de "esquerda", nem de "direita", continuo a pensar o mesmo deste "conflito". Israel não pode parar de atacar para se defender, mesmo à custa de gente que nada tem a ver com actividades terroristas. E o Hezbollah fará exactamente o mesmo, de forma mais vesga e aleatória, no território judaico. A desculpa extraordinária de que foram lançados panfletos sobre regiões libanesas a avisar os "civis" que o melhor que tinham a fazer era mudar de sítio, como se se tratasse de uma trivialidade ou de uma obrigação, não justifica o que está a acontecer ao País do Cedro. Sobretudo quando se percebe que o "núcleo duro" do Hezbollah está vivo e de boa saúde. Os tolinhos que por aí andam a "tomar partido" - supostamente em nome da "Estátua da Liberdade", passando atestados de "terrorista" e de anti-semita a quem quer que pense de outra maneira -, pretendendo dar lições de superioridade democrática, mais valia estarem calados. Ao perder a cabeça, Israel corre o risco de perder, mais do que a guerra, o processo político que precede a guerra. E isso, contrariamente ao que pensam os " guerrrilheiros de laptop", é que constituiria uma verdadeira tragédia para a região e para o "ocidente" que eles imaginam "acarinhar" com o seu "israelismo" primário.

9 comentários

De Barão da Tróia II a 31.07.2006 às 11:41

Vou confessar-te uma coisa, que expludam ambos, aliás o Médio Oriente todo. Bom post. Boa semana.

De Anónimo a 31.07.2006 às 18:01

E quem é dixava isso acontecer?

De Anónimo a 31.07.2006 às 18:01

E quem é que deixava isso acontecer?

De Anónimo a 31.07.2006 às 18:32

"Guerra e Paz"
Tenho-me perguntado, se a iniciativa do Hezbollah, com o rapto de dois soldados israelitas, não terá sido uma simples «casca de banana» a Israel.
Na qual Isral resolveu escorregar. Mais do que uma manifestação de força, um sinal de fraqueza.
A ver vamos.
Sem dúvidas que Israel vai ganhar. Por agora.
Até quando, com os anti corpos que está a gerar?
Em definitivo, se conseguir fazer deslocar alguns milhões de residentes (Líbia e Palestina) para outros países.
Nada de novo na História.
Z

De Anónimo a 31.07.2006 às 19:12

Muito Boa, a análise do “Anónimo »Z« das 6:32PM”

De Anónimo a 31.07.2006 às 19:31

mas alguém acredita que uma operação destas não estava preparada e que o rapto foi apenas o pretexto para a desencadear?

De Senaquerib a 31.07.2006 às 20:43

Eu tomei partido.
Aliás, já tomei partido, no conflito israelo-árabe, há muitos anos.
Sou por um dos lados, sem ambiguidades.
Agora sei que sou tolinho.
Ainda bem!

De nanda a 01.08.2006 às 06:36

Excelente post! Análise desapaixonada e esclarecida.

De gramática a 01.08.2006 às 21:51

explodam, não é?

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor