Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

HUBRIS

João Gonçalves 22 Nov 11


Há quarenta e oito anos, neste dia, um bonito casal americano, nada convencional, chegava a Dallas. Era a última viagem presidencial de John F. Kennedy. Gore Vidal, vagamente "aparentado" com Jackie, conta que, uma vez, numa festa onde estava com Tennessee Williams passou por eles o jovem senador Kennedy cuja visão inspirou ao dramaturgo o seguinte comentário: "que belo traseiro!". No filme homónimo de Oliver Stone, Nixon (Anthony Hopkins) às tantas afirma que JFK representava o que os americanos gostariam de ser, e ele, Nixon, o que eles eram na realidade. Jack era novo, bonito, libertino, inteligente e rico. Levou para a Casa Branca o glamour e a alegria trágica da sua vida pessoal - a oficial e a outra - ao lado de uma jovem e bela primeira-dama. Os filhos filhos eram igualmente belos e fotogénicos. Nunca o conseguimos imaginar velho.

Tags

3 comentários

De sampy a 23.11.2011 às 11:58

A RTP2 transmitiu há dias um documentário sobre o que foi a autêntica loucura desta família: "Os Kennedy, o fim da inocência". Imperdível.

De Anónimo a 24.11.2011 às 02:15

O meu Pai foi, em tempos, um grande admirador da figura, mas convenhamos que a família Kennedy sempre teve uma avidez pelo poder de bradar aos céus- talvez pore isso tenham chamado a si uma certa maldição! Mas se foi assassinado era porque ia contra interesses de gente maléfica- os maléficos raramente são assassinados..

De Isabel Metello a 24.11.2011 às 22:10

O Anónimo sou eu- não lhes perdoo a questão do suicídio muito conveniente da Marilyn, pronto!...

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor