Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

RESVALAR PARA A IRRELEVÂNCIA

João Gonçalves 25 Set 07


Manuel Maria Carrilho - que gostava, um dia, poder ser secretário-geral do PS mas que falhou o encontro com o "povo" em Lisboa - tem vindo a produzir no Diário de Notícias textos de reflexão política interessantes. O primeiro dizia respeito ao tema da implosão partidária, a pensar no PS eucalíptico de Sócrates, mas podia perfeitamente servir para o PSD. Como é que um partido que obteve as maiores "maiorias" da história destes anos democráticos pode ter chegado a este patamar de indignidade, de incivilidade e de falta de decoro que o empurra perigosamente para a irrelevância? Tudo começou com a debandada de Barroso - Sarmento escusa de vir dizer que "isto começa a ser mau demais" porque ele não é melhor -, prosseguiu com o "momento" Lopes e continua com o "debate" em torno da intendência. Mendes é o que é, mas é, de longe, preferível ao circense Menezes. A direita - pelo menos aquela que se revê nesta democracia o que é cada vez menos o meu caso - tem razões para estar preocupada.

10 comentários

De Anónimo a 25.09.2007 às 22:21

A desilusão é total. A minha, calro está. O PSD continua a dar bons motivos aos portugueses para que nas próximas eleições, já em 2009, optem pela abstenção, como já vêm fazendo, ou por entregar o seu voto nas mãos do Sócrates. Alternativa ao PS procura-se, no PSD é que nem pensar.

De António de Almeida a 25.09.2007 às 23:08

-Será possível Menezes desistir e Marques Mendes fragilizado demitir-se? Então depois irmos ao que realmente interessa, definir um rumo para o PSD!

De Anónimo a 25.09.2007 às 23:41

Ainda há quem pense em alternativas «dentro» deste sistema partidário. Não, não há. Como isto é pequeno e irrelevante, vamos ter de esperar pela «Europa».
Mas também é uma questão de meia-dúzia de anos. Quem possa, ponha as barbas de molho no Canada, na Bermuda (sim, é inglesa) ou em Curitiba.

De observador a 25.09.2007 às 23:45

Creio que há algo de otomano nisto.

Ou seja:
1º - os galos lutam pelo Poder.

2º - O que ganha, ou mata os perdedores, ou encerra-os na "Casa dos Loucos".

3º - Durante o mandato, se algum fraganote se eleva, tem o tratamento do ponto 2.

4º - Quando se "farta" do Poder, ou quer outro mais apetecível, voltamos ao Primeiro ponto.


Com uma gestão da sucessão deste tipo, ao fim da 3ª sucessão, é óbvio que só sobram franganotes aneuréticos e esqueléticos de ideias ...

É o que sucede quando se esquece que um partido deve ter uma linha idelológica, minimamente coerente, que o guie, e não figuras.

De VANGUARDISTA a 26.09.2007 às 00:37

Ainda bem que os “actores” e os “teatros” deste regime de farsa e pacotilha estão cada vez mais irrelevantes.
Já andam a bater palmas uns aos outros.
Venha outro!

De Carrilhão de Mafra a 26.09.2007 às 01:14

O que me chateia mais nesta trapalhada toda é que o PS, que nos está a empurrar todos os dias pelo cano abaixo, vai continuar alarvemente a rir-se e a passear a incompetência e a arrogância da sua desgovernação por falta de oposição credível.

De CCz a 26.09.2007 às 09:38

Se calhar, os novos tempos que vivemos exigem, ou requerem, novas instituições.

As instituições do passado, ou morrem de pé, quando sabem ser chegada a sua hora, ou vão lentamente definhando e caricaturizando-se.

Se desta %&$#)?"# não sair nada de bom... é altura dos não-funcionários, de quem tem visão, de quem tem uma ideia alternativa, aparecer e... se calhar começar de novo em outro sítio, com companhia mais apresentável.

De r a 26.09.2007 às 10:07

..mas o que é que são os partidos se não uma luta de galos? Poder...poder...e mais poder....é do que se vive bem em portugal...

Quanto a Durão Barroso, só por grande INVEJA é que se pode criticar a sua eleição para presidente da Comissão da UE! Que, pelo menos, com alguns Portugal tenha alguma visibilidade no estrangeiro pelo lado positivo, porque, pela negativa, já basta assim !!!!!

De iupi a 26.09.2007 às 11:32

o espectáculo é risivel para quem vê ao longe. mas para quem está comprometido com o partido, com algumas das forças em disputa ou com aqueles que aguardam, discretamente, o desfecho, a luta tem todos os ingredientes psd.
aos portugueses isso não interessa? claro que interessa. nestes casos é que se vê a marca de água de cada um.

De raquel teixeira a 26.09.2007 às 14:23

A Direita portuguesa, não sendo embora esse o meu campo ideológico, tem muitos motivos para estar seriamente preocupada!Nenhum dos senhores candidatos à liderança do PSD demonstram qualquer tipo de capacidade de fazer uma oposição digna desse nome. Muito mal anda o país, a política e a Direita portuguesa com dois candidatos que fazem o que parece uma guerra de comadres...e se Mendes demonstra total incapacidade,já Menezes reflecte os piores ditames da faceta política! É caso para dizer que venha o diabo e escolha...

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • Gabriel Pedro

    Meu Caro,Bons olhos o leiam.O ensaio de Henrique R...

  • Maria Petronilho

    Encontrei um oásis neste dia, que ficará marcado p...

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor