Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

«PELA LITERATURA, CONTRA A LITERATICE»

João Gonçalves 25 Mar 11



«A literatura não é um território de pacificação ou de anemia. ‘Contra a Literatice e Afins’ (Guerra e Paz), de João Gonçalves, foi ontem lançado em Lisboa, e é um inventário de argumentos sobre a matéria. Gonçalves é um excelente leitor que não depende no universo de deferências literárias e editoriais – tem, a seu favor, o mau génio, a tentação polémica, a necessidade de beleza. Disso tudo fala a literatura; de renascimento, de vingança, de uma eternidade que não demora a passar. As boas consciências que procuram ver na leitura "um acto de cidadania" escusam de passar por estas páginas, verdadeiros textos de guerrilha onde sobrevoa a inspiração de Sena e o deslumbramento diante dos mestres (Gaspar Simões ou Prado Coelho, por exemplo). Pela literatura, contra a literatice.»

Francisco José Viegas, CM

(editado aqui na ortografia dita antiga)

8 comentários

De vasco a 25.03.2011 às 22:12

Já agora perguntava ao Viegas quando se irá decidir por uma grafia ou outra. Estou farto de deixar de e voltar a ler o blogue dele. Pelos bigodes de Camilo, haja maneiras!

De floribundus a 25.03.2011 às 22:53

Irmão
estive presente em espírito.
horas demasiado tardias para mim.
'unos e indivisíveis'
longa carreira para ambos

De FNV a 26.03.2011 às 00:53

Folgo em ver que o meu caro FJ Viegas já é bem vindo ao Portugal dos Pequeninos.
Óptimo.

De Suzana Toscano a 26.03.2011 às 01:47

Muitos parabéns ao autor, estive lá e foi um acontecimento!Agora, claro, vou ler o livro,a apresentação aguçou a curiosidade...

De Anónimo a 26.03.2011 às 01:49

A ver se o começo a ler em livro porque Sena já eu leio desde 78.
José

De Anónimo a 26.03.2011 às 17:07

O Viegas das novas grafias e novas oportunidades... O livro do Passos Coelho que ele publicou na Quetzal também deve ser "literatura" e não "literatice": coisa sólida, dostoievsquiana, como as coisas desses miúdos "trendy" que o Viegaa adora publicar. Podia ter escolhido outra "eminência" para lhe apadrinhar a coisa, ó João.

De João Gonçalves a 26.03.2011 às 17:09

Não seja cretino ou cretina. Mas, se quiser ser, dê a cara que eu estou farto de pulhice anónima.

De Anónimo a 28.03.2011 às 17:17

"Sobrevoa a inspiração de Sena"?. Meu Deus, que arrepio. O Gonçalves é um adesivo ao Sena. Que este era brilhante, inteiramente de acordo. Além de veneno, veneno puro - oh! Céus, façai que morda a sua língua, que naquela boca nunca devem ter estado duas!... -, que mais destilou o alambique do Gonçalves? Que obra? Direi como Saul Bellow dos zulus: se têm um Tolstoi, mostrem-no lá que o quero ler. Quero ler "A Tabacaria" do Gonçalves. Ou "A Metamorfose" do Gonçalves. Ou, sei lá, "O Mostrengo", do Gonçalves. Ou outra autobiografia qualquer.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

  • António Maria

    Completamente de acordo.Ontem tive vergonha de ser...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, «plus ça change, plus c'est la mêm...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor