Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

É o que há

João Gonçalves 23 Dez 13

 

Foi publicada no "Diário da República" a resolução do Conselho de Ministros que aprovou a chamada "Estratégia de Fomento Industrial para o Crescimento e o Emprego 2014-2020". Fora um ou outro pormenor relacionado com a "narrativa épico-relojoeira" cara ao CDS e uma intrigante "estratégia de crescimento interno" (deve ser o glorioso 1640 "reloaded" pelo senhor vice PM), o documento reproduz ipsis verbis o trabalho levado a cabo por Álvaro Santos Pereira antes de Julho do corrente ano. Todavia, o "conselho da indústria" - que foi instituído pelo antigo ministro da economia e do emprego que convidou um a um os seus membros (vi-o e ouvi-o fazer isso, no gabinete ou no automóvel) - é referido como uma criação do dr. Lima. Sucede que, afinal, o ministro da economia pós-crise Portas limitou-se nestes seis meses a absorver o que lhe foi legado e a aparecer, cá e lá por fora, para prometer para a economia o que os videntes e os curandeiros do show anual de Vilar de Perdizes prometem aos aparvalhados. Mas Lima lá está, sem gravata como os circunstantes, no "conselho da diáspora" - o dos "bons expatriados" - que é, no fundo, mais um presépio de Belém desta feita com uma resma de "reis magos", ao vivo e a cores, que tricotam entre si umas trivialidades sobre o "sucesso" paroquial na véspera de irem todos satisfeitos para casa enfardar sonhos e bacalhau. Os "analistas" sérios (esta dos "sérios" é por causa do "espírito de natal") que espremam bem os seis meses do dr. Lima na Horta Seca e, depois, não se esqueçam de o pôr "ao alto", ou nas palhinhas deitado, consoante as preferências sobretudo depois desta "resolução" heteronímica. É o que há.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

  • António Maria

    Completamente de acordo.Ontem tive vergonha de ser...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, «plus ça change, plus c'est la mêm...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor