Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

Custos

João Gonçalves 22 Out 13

A "unidade técnica de acompanhamento" da execução orçamental, junto do parlamento, concluiu que os défices para o ano passado e para o ano em curso são bem maiores do que o estimado. Isto significa que a  chamada "consolidação orçamental" e o "ajustamento" que estão na razão directa da austeridade, dos sacrifícios e dos cortes falharam em algum ponto do caminho. As pessoas têm estado disciplinadamente a pagar os custos de tudo - do que resulta e do que não resulta. Será que o Senhor Presidente da República, na sua anunciada "avaliação dos custos" em relação à posição política a tomar sobre o orçamemto, vai ter presente estes custos?

Os "governos" do governo

João Gonçalves 22 Out 13

Depois de ontem, em Londres - parece haver uma atracção fatal generalizada para falar de coisas sérias, domésticas, lá fora -, o dr. Lima ter jurado pela "preparação" de um "programa cautelar" para vigorar a partir de 2014, outros membros do executivo, já em casa, designadamente os engenheiros Moedas e Moreira da Silva não são tão peremptórios. Dá ideia que o primeiro-ministro "mandou" estes dois fazer de híbrido "coordenador" entre o prof. Maduro e o dr. Lomba para colocar o dr. Lima no seu posto sossegado da Horta Sêca. Moreira, numa clara deriva filosófica, até acrescentou que o conceito de "programa cautelar" ainda nem sequer existe no "espaço público". Até ao orçamento de Estado de 2014 começar a ser discutido, quantos mais "governos" irão ainda aparecer no governo?

Magris

João Gonçalves 22 Out 13



Claudio Magris, autor do belíssimo Danúbio, à fala com o Francisco José Viegas. O pretexto é o livro de ensaios Alfabetos editado pela Quetzal. «Todo o livro verdadeiro se mede com a demonicidade da vida. Até o Evangelho é terrível.» Pelas 18.30 na Casa Fernando Pessoa, a Campo de Ourique.

Tags

As coisas são o que são

João Gonçalves 22 Out 13

Depois de umas telenovelas - as da SIC, passe a publicidade - e de uma "molha" com o cão, passo pelo programa da Fátima Campos Ferreira na RTP. Constato que a maioria (e tenho a melhor impressão pessoal dele) e, por tabela, o governo já não conseguem "melhor" para o defender politicamente do que o deputado do CDS, e breve ex-presidente de "O Belenenses", João Almeida. Logo de um partido que ainda recentemente deu provas de uma enorme "solidez" norte-coreana na votação para o presidente do seu grupo parlamentar prenhe de tantos talentos menos um. As coisas são o que são.

Tags

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

  • António Maria

    Completamente de acordo.Ontem tive vergonha de ser...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, «plus ça change, plus c'est la mêm...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor