Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

BOA IDEIA

João Gonçalves 12 Dez 05

"Para quem, como eu, está a preparar uma biografia de Luiz Pacheco..."

CONTINUAR A CAMINHAR

João Gonçalves 12 Dez 05



"As pessoas normais, quando caem na vida, levantam-se e continuam a caminhar".


Carrie Bradshaw, Sex and The City

OUTRO DEBATE

João Gonçalves 12 Dez 05

Uma resposta plausível a isto é esta.

DEBATE - 4

João Gonçalves 12 Dez 05

Hoje foi um grande dia para Cavaco Silva. Não tanto por sua causa - não se deu por ele - mas mais pelo facto de os seus adversários o terem "aproveitado". Na RTP, Louçã e Alegre recorreram a "temas" que Cavaco lançou para a campanha. Louçã falou da qualificação da democracia e Manuel Alegre socorreu-se da prioridade institucional às conversas com o primeiro-ministro e às mensagens à AR para responder ao que faria em determinada circunstância. Fora do debate, até Mário Soares, na Amadora, explicou a um cidadão brasileiro que não cabem cá todos, por mais generosos e "abrasileirados" que sejamos. Alegre esteve bem quando recusou os "juízos morais" do mestre-escola do BE. E Louçã não deixou escapar o disparate constitucional invocado por Alegre em relação à não possibilidade de recandidatura de um governante (regional) demitido indirectamente pelo PR. Louçã, uma vez mais, demonstrou ao que vem e, sobretudo, que não vem para concorrer seriamente à presidência. Alegre "densificou" o seu discurso político, provavelmente já com Soares na cabeça. O que terá o PS "profundo" pensado deste debate que lhe foi tão particularmente dirigido por ambos os protagonistas?

"UM CONTADOR DE HISTÓRIAS FABULOSO..."

João Gonçalves 12 Dez 05


"... um ancião venerável, bem disposto, de carácter firme e imperioso, com uns olhos, por detrás dos óculos, lucidíssimos e divertidos, que denotavam uma imensa experiência de vida. Era um contador de histórias fabuloso, apreciador da boa mesa.(...) Tinha grande experiência política e uma colossal massa de leitura, possuía uma visão própria do mundo do pós-guerra, que incluia África e a relação de forças geoestratégicas, coisas que nós, nesse tempo, não sabíamos."

Norton de Matos, visto por Mário Soares, e citado no 2º Volume de "Álvaro Cunhal, uma biografia política, "Duarte, o dirigente clandestino (1041-1949), de José Pacheco Pereira

PRIMARISMOS

João Gonçalves 12 Dez 05

A campanha presidencial foi ontem "apimentada" com a intervenção de um primata junto de Mário Soares. Soares, como é timbre dos valentes, esteve à altura da coisa e seguiu o seu caminho. Tratou-se de um episódio lateral à campanha e que mereceu, como devia, a condenação unânime dos outros candidatos. Mais do que isto, não vale a pena.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

  • António Maria

    Completamente de acordo.Ontem tive vergonha de ser...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, «plus ça change, plus c'est la mêm...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor