Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

A MANDATÁRIA

João Gonçalves 14 Nov 05

Joana Amaral Dias, a mandatária "bloquista", vista com muita perspicácia por um insuspeito de "cavaquismo", o Jorge Ferreira: "Ao princípio todos pensámos que se tratava de uma dissidência presidencial no Bloco esta mandatarização juvenil do MASP III. Pensando bem, poderá ter sido apenas a abertura de uma delegação do Bloco numa candidatura concorrente." Vale a pena ler tudo.

DUAS NOVIDADES

João Gonçalves 14 Nov 05

A primeira, veio de Mário Soares. Segundo o Portugal Diário, o candidato fez uma intervenção em Fafe "que teve como novidade a ausência de críticas a Cavaco Silva". A segunda, é da responsabilidade do próprio Cavaco Silva e está comentada no Pulo do Lobo.

BEM CONSIGO PRÓPRIO?

João Gonçalves 14 Nov 05

"Será natural que no site oficial de Mário Soares haja uma coluna anónima (assinada “Sirius”) dedicada a atacar Cavaco num estilo que não se via desde os tempos de 75? A última que eu li acabava assim: “O lobo vestiu-se de cordeiro mas a garra do lobo ficou de fora…” O estilo é péssimo, mas é mesmo a coisa do anonimato – no site oficial do candidato, repito – que surpreende. E promete." Pergunta Paulo Tunhas, no Pulo do Lobo, "se é natural". É. Basta olhar ao que diz diariamente o ex-chefe de Estado por causa da sua obsessão febril em "debater" com Cavaco, como se fosse ele o compére ou o "juíz" da campanha presidencial, omitindo propositadamente todos os outros candidatos. Soares apenas quer chamar para si a atenção que sente que lhe anda a faltar. A "frase do dia" é que Cavaco não quer "debater" - presume-se que só com ele, já que foi Cavaco o primeiro a explicitar que aceitava debates "a dois" com todos os candidatos - porque "não está bem consigo próprio". Já entrámos no domínio da psicanálise, depois de termos passado pela "economia" - o "técnico de finanças"- e pela "história" - a "esfinge". Quem é que, afinal, não está bem consigo próprio?

A DEMAGOGIA...

João Gonçalves 14 Nov 05

...populista da mandatária. Como previsto, vale tudo.

MAXIMIANO

João Gonçalves 14 Nov 05

Este post do Eduardo Pitta fez-me pensar na entrevista de Rodrigues Maximiano à Pública de domingo (sem link). Maximiano foi, durante nove anos, o único inspector-geral da Administração Interna. Jubilou-se como magistrado do Ministério Público e, a convite de Alberto Costa, de quem é amigo, integra o Conselho Superior daquele organismo. Saiu imediatamente antes de o PS regressar ao poder, apesar de ter sido pela sua mão que ocupou aquele cargo. Agora deu esta entrevista a Adelino Gomes. Fala de si - nem podia deixar de ser-, fala da justiça e fala de António Costa. Eu, aliás, suspeito que foi sobretudo para criticar o actual MAI que Maximiano falou. As tiradas retóricas sobre a "justiça" e sobre as relações entre a magistratura e a política, dada a proximidade de Maximiano a Alberto Costa, podiam perfeitamente ser ditas em privado. Não é por aí. Com o outro Costa, Maximiano nunca teve grandes relações. E, aparentemente, vice-versa. Este MAI decidiu desvalorizar politicamente o papel da IGAI e isso, mesmo na sombra, incomoda Maximiano. E bem. Só que, ao criticar António Costa, Maximiano acaba por criticar implicitamente a manutenção em funções da pessoa que lhe sucedeu e que foi seu colaborador ao longo dos nove anos em que esteve à frente da Inspecção. Não sei se a IGAI ganhou alguma coisa com esta "reaparição" de Maximiano, pelos vistos, como sublinhou, "jubilado mas não reformado". Eu li assim a entrevista. Como é que António Costa a terá lido?

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

  • António Maria

    Completamente de acordo.Ontem tive vergonha de ser...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, «plus ça change, plus c'est la mêm...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor