Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

SE

João Gonçalves 17 Out 05

Estava a ver e a ouvir Teixeira dos Santos, ministro das Finanças, a apresentar o Orçamento de Estado para 2006 e perguntei-me: se o ministro ainda fosse Campos e Cunha, seria este o "seu" Orçamento?

TENHAM MEDO

João Gonçalves 17 Out 05

Se isto for verdade, percebe-se onde é que os que "andam por aí", afinal, vão estar. E o "estilo" com que se pode contar. Seria muito mau para alguém que foi chefe de Estado, e que tem um indiscutível prestígio político, "entregar-se" nas mãos de aventureiros. Mas, afinal, não é para isso que eles servem e já serviram? Para "aventuras"?

A SÉRIO?

João Gonçalves 17 Out 05

Com uma candura que não lhe é peculiar, o eng. º João Cravinho acredita que Mário Soares, versão III, seria o "presidente da mudança possível e desejável". Em primeiro lugar, ignoro por completo a que "mudança possível e desejável" o sr. eng.º se refere. Estará a pensar em "mudar" o eng. º Sócrates, ele mesmo ou o rumo que ele escolheu para o governo? Ou estará a prever uma reedição da famosa "magistratura de influência" de Soares que possa "entrar", uma vez mais, pelo Largo do Rato adentro e, sempre que necessário, em São Bento? Contrapõe, depois, este conceito ao de "continuidade". Com o devido respeito, o sr. eng. º quer mais "continuidade" do que aquela que Soares vem tentar garantir com a sua divertida aventura presidencial? Até Manuel Alegre, que o sr. engº apoiou, está mais virado para a "ruptura" e para a "mudança" do que o candidato oficial do partido. Este sumário argumentário mostra a que ponto é hoje difícil sustentar politicamente a recandidatura de M. Soares. Será que qualquer pessoa minimamente informada pode olhar para ela e dizer, sem ironia, que Soares seria, em 2006, o "presidente da mudança possível e desejável"? Acredita mesmo nisso, sr. engº? A sério?

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

  • António Maria

    Completamente de acordo.Ontem tive vergonha de ser...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, «plus ça change, plus c'est la mêm...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor