Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

UM SENHOR

João Gonçalves 11 Out 05



Calhou-me outro dia rever o magnífico filme de Joseph Mankiewicz, All about Eve, Eva, na tradução portuguesa. Bette Davis, Anne Baxter e George Sanders completam o "trio" que, de alguma maneira, imortaliza esta película sobre o espectáculo que é a vida e a vida que, verdadeiramente, raramente passa de um teatro, e do mau. Sanders compôe uma personagem tremenda, cínica e manipuladora de um crítico teatral, Addison De Witt. É, julgo, porventura o seu maior papel e que lhe valeu um "academy award" para "o melhor actor secundário" em 1950. Tratava-se de um sujeito curioso. Casou-se e divorciou-se "n" vezes, gastou tudo numa mal sucedida fábrica de molhos e, a dada altura, chegou a recorrer a sete psiquiatras ao mesmo tempo. Não lhe serviu de muito. Em 1972, em Barcelona, tomou (também) sete frascos de "Nembutal" e partiu tranquilamente. Deixou uma famosa nota de suicídio. Não fosse o momento que lhe deu azo, quase me dá vontade de escrever isto todos os dias. "Dear World: I am leaving because I am bored. I am leaving you with your worries in this sweet cesspool". Numa tradução rasteira, qualquer coisa como isto: "Querido Mundo. Vou-me embora porque estou aborrecido. Deixo-te com as tuas preocupações nesta doce estrumeira". Um senhor.

"CEUX QUI M' AIMENT, PRENDRONT LE TRAIN"

João Gonçalves 11 Out 05

A "bloquista" Joana Amaral Dias, a mandatária "trintona" de M. Soares para a juventude , "suspira" por Paulo Portas. Já o seu "mandante" fez discretamente o mesmo a semana passada, apesar do episódio familiar humilhante da Cruz Vermelha, há dois anos. Não tenho nada contra uma candidaturazinha "à direita" de Cavaco, mesmo que apascentada a partir do MASP III ou às cavalitas de quem quer que seja. Nada impede nada, como se vê por Alegre, Louçã, Jerónimo, Carmelinda Pereira, Garcia Pereira e o advogado do sr. Carlos Silvino. Nada mesmo, como o prova supremamente Soares. Quanto à candidatura de Cavaco, com que alguns plumitivos sonham "negociar" não se percebe bem o quê, quem quiser que apanhe pura e simplesmente o comboio. Ceux qui m'aiment, prendront le train.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

  • António Maria

    Completamente de acordo.Ontem tive vergonha de ser...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, «plus ça change, plus c'est la mêm...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor