Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

O REGRESSO À VACA FRIA - 2

João Gonçalves 15 Set 05

O Rui Costa Pinto chama a atenção para uma "pérola" do líder parlamentar do PS, um sobrevivente do "barroquismo democrático" de Coimbra, sobre o PR e o referendo. Não sei se o PS já contabilizou os votos que perde cada vez que A. Martins abre a boca.

A CONSTRUÇÃO DE UMA FIGURA

João Gonçalves 15 Set 05

O Francisco José Viegas escreve sobre o verdadeiro "imperativo categórico" da "esquerda institucional" (não tenho a certeza que coincida com a "esquerda" eleitoral) : derrotar Cavaco Silva. Não há - nem em Soares, nem nos outros dois que andam a delimitar território - outro objectivo. Ainda há pouco mais de um ano, nas Cortes, em Leiria, Cavaco era um "bom candidato" presidencial para M. Soares, por causa de Guterres que tinha de ser "moído". Agora, Cavaco não tem sequer "perfil" e, vergonhosamente, não possui uma "formação humanista". Há uns meses, a sua - dele, Soares - candidatura seria "uma loucura" e, para evitar confusões, saiu-lhe na FIL o famoso "basta" que repetiu à saciedade. Desde há quinze dias que Soares é candidato oficial de um partido a Belém. Nada disto seria relevante se não se tratasse de quem se trata, alguém cuja própria "história" lhe devia merecer maior respeito. Parece que os "estrategas" estão preocupados por a "onda" anunciada pelo visionário Vitor Ramalho não "crescer". Não percebem que o "problema" não é a "estratégia" mas, antes, o seu teimoso candidato. Já aqui escrevi que o pior que pode acontecer a esta "aventura" é o patético. E, de facto, em cada dia que passa, o patético paira, ameaçador, sobre ela. Como escreve o Francisco, "com tantos ataques a Cavaco, mesmo antes de Cavaco Silva aparecer como candidato, de ele dizer ao que vem - se vier -, não sei se não valerá a pena prestar atenção à figura do homem das finanças e saber por que é que ele provoca esta urticária generalizada nas grandes províncias portuguesas. É assim que se constrói uma figura, aliás designando-a antes de ela se tornar visível."

O REGRESSO À VACA FRIA

João Gonçalves 15 Set 05

Não se pode deixar de elogiar a "coerência" do PS. No meio da tormenta, com o país nitidamente "feliz", "progressivo" e muito pouco "corporativo", eis que volta a "prioridade" para reforço da alegria geral. A obsessão será de tal ordem que é indispensável "meter" o referendo no meio de outras eleições? Quem ganha com esta trapalhada rapidinha?

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

  • António Maria

    Completamente de acordo.Ontem tive vergonha de ser...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, «plus ça change, plus c'est la mêm...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor