Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

O REGRESSO DO GRANDE EDUCADOR

João Gonçalves 12 Jul 05

Não perdendo o melhor da sua condição de ex-"grande educador da classe operária", a que ostensivamente protestou não pertencer, Arnaldo Matos disse duas coisas acertadas no "Prós e Contras" da RTP, ambas ligadas à justiça. Os magistrados deviam ser legitimados democraticamente e não corporativamente, e, muito menos, exibirem "sindicatos". Não é estranho pensar-se em remover o actual procurador-geral da República. O que é estranho é que ele ainda lá esteja.

A VIA ESPANHOLA

João Gonçalves 12 Jul 05

Espanha, Espanha, Espanha... Com esta cadência reiterada, José Sócrates explicou a essa coisa mítica chamada "tecido empresarial português", o gentil propósito de o tornar mais "competitivo". O método é sempre o mesmo. Ele, o "tecido", espreme-se um bocadinho e o Estado subsidia. Depois, com jeito e devagarinho, "avança" para o mercado aqui do lado que aparentemente suspira por ele. Achei piada ao anúncio da "via espanhola" do primeiro-ministro. Tratou-se de um mero mimetismo de algo defendido, ainda não há muito tempo, por Cavaco Silva por causa da célebre "competitividade". Porventura este detalhe terá escapado aos assessores do chefe do governo. Mas isso agora não importa. O que releva é saber se o famoso "tecido empresarial português" mexe e se é "competitivo". Para ele "mexer", não dispensa o concurso do Estado. Manuel Pinho não tem feito outra coisa senão andar por aí a oferecê-lo. O que tem e o que não tem. Acontece que realisticamente o Estado tem por ora muito pouco para dar. Não se viu, aliás, ninguém particularmente entusiasmado com o exercício, à excepção dos bonzos do costume, nomeadamente os banqueiros do regime. E quanto a ser "competitivo", vou ali já venho. Eu julgo que a Espanha agradece o voluntarismo dos nossos poderes públicos e a "iniciativa" do nosso "tecido empresarial". Um e a outra deixam-na naturalmente tranquila.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

  • António Maria

    Completamente de acordo.Ontem tive vergonha de ser...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, «plus ça change, plus c'est la mêm...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor