Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

CEM

João Gonçalves 30 Jun 05

Pôr Manuel Pinho a anunciar "investimentos" e "inovações" é praticamente o mesmo que pedir a Júlio Isidro que fale da reestruturação da RTP, por exemplo. No entanto foi ele o escolhido para, com o mar ao fundo, tentar fazer o "contraponto" colorido dos próximos dias do governo, depois de cem quase sempre a preto-e-branco. Nem sequer faltaram o eterno aeroporto da Ota e a "banda larga". Houve igualmente lugar a uns murmúrios sobre "energia nuclear" e, por entre ondas de "progresso" anunciado, o governo posou para se celebrar. Descontando a parolice do gesto, aliás comum a todos os governos, julgo que Sócrates tem ainda pela frente fôlego que baste. E deve ser contido na sua gestão porque "o tempo e o modo" próximos não vão ser nada fáceis. O entusiasmo não é o mesmo de Fevereiro. Este período - vamos chamar-lhe "de adaptação" - não correu tão bem como porventura o governo e o PS esperariam. Ou como eu próprio esperava. Mas eu não conto. Daqui em diante o governo, se já estava aplicadamente vigiado, vai ficar seguramente mais escrutinado, seja por que pretexto for. Sócrates precisa de "afinar" o lado "político" da coisa e, de caminho, obrigar os seus ministros a fazerem o mesmo. Não sei se alguns já irão a tempo.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

  • António Maria

    Completamente de acordo.Ontem tive vergonha de ser...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, «plus ça change, plus c'est la mêm...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor