Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

portugal dos pequeninos

Um blog de João Gonçalves MENU

O MUNDO SEGUNDO CONSTÂNCIO

João Gonçalves 16 Mai 05

O dr. Vitor Constâncio vai explicar ao dr. Jorge Sampaio que, afinal, não há vida para além do défice.

O NOSSO KUMBA

João Gonçalves 16 Mai 05

O sr. Kumba Ialá, autócne da Guiné-Bissau e seu putativo Presidente, decidiu ontem voltar ao trono. Com a subtileza que caracteriza a gestão política nas ex-colónias portuguesas, o sr. Kumba não se preocupou um segundo com as repercussões do seu gesto. O presidente interino parece que continua a ser presidente e interino. E o governo deve estar à espera de ver o que é que as forças armadas vão fazer. Pelo meio existe Nino Vieira que quer ser o Valentim Loureiro das eleições de Junho próximo. A coisa, em suma, promete. Esta palhaçada protagonizada pelo sr. Kumba deve muito a Portugal. Depois do eufemismo chamado "independência", não houve cão nem gato que não corresse para a Guiné para "cooperar". Então em matéria de direito, nem se fala. Juristas a despontarem para o sucesso e reputados universitários das nossas faculdades de direito espalharam os seus conhecimentos por toda a Guiné com os resultados amplamente "pedagógicos" que estão à vista. Nababos do negócio e empresários "imaginativos" fizeram o que puderam para ganhar "o deles", sempre, naturalmente, a favor da emancipação local. O próprio sr. Kumba é um produto da nossa bendita colonização. Até foi jogador do "Louletano"... Ao fim destes séculos todos, continua-se sem se entender muito bem o que é que estivemos a fazer em África. Tudo bem espremido, acabámos verdadeiramente a semear apenas "Kumbas Ialás" e "Ninos Vieira" por todo o lado. Eles também são o que nós somos. E nós somos - nunca fomos outra coisa - o que eles são.

A ÚNICA QUESTÃO...

João Gonçalves 16 Mai 05

... verdadeiramente importante desta semana, é saber por que é que...

... este rapaz, bem parecido e oriundo do "lado bom da força",...


... foi tomado pelo "lado negro"...


... e se transformou num dos melhores "maus da fita" de todos os tempos e, indiscutivelmente, um dos meus preferidos. No cinema como na vida, percebe-se no fim da saga -já visto no "episódio VI" - que, afinal, por detrás do pior vilão se esconde uma boa alma. Desconfiem, pois, sempre dos "bonzinhos". E fujam dos sobreiros e do défice, a nossa pequenina e pacóvia "guerra das estrelas". Que a força, seja lá ela qual for, nos acompanhe. Ámen.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários

  • André

    Gosto muito da sua posição. Também gosto de ami...

  • Maria

    Não. O Prof. Marcelo tem percorrido este tempo co...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, no meio da abundante desregulação ...

  • António Maria

    Completamente de acordo.Ontem tive vergonha de ser...

  • Fernando Ferreira

    Caríssimo João, «plus ça change, plus c'est la mêm...

Os livros

Sobre o autor

foto do autor